5 perguntas e 5 respostas sobre móveis coloridos no decor

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Os móveis coloridos trazem consigo personalidade e originalidade para qualquer ambiente. Porém, muita gente tem receio em contar com peças com cor na mobília, uma vez que elas se tornam pontos de atenção instantaneamente. Se você precisa de ajuda nesse sentido, separamos 5 perguntas e 5 respostas sobre móveis coloridos no decor. Assim, você poderá se sentir mais segura em colocar cor na sua casa. Confira!

Móveis coloridos
Móveis coloridos no decor. Foto: Pexels.

Como combinar móveis coloridos na decoração?

Criar um ambiente com móveis coloridos traz o desafio de fazer uma composição harmoniosa, que não dê a sensação de que tudo foi colocado ao acaso. Para combinar móveis coloridos na decoração, você pode seguir algumas orientações básicas.

A primeira dica é utilizar uma mesma linha de estilo para os móveis. Ou seja, se você tem uma peça colorida estilo vintage na sala, como um aparador por exemplo, tente trazer esse conceito de design para outros móveis. Assim, é possível criar uma certa coerência no cômodo, onde o ponto de cor é integrado ao ambiente.

Outra sugestão é escolher uma ou duas peças coloridas, que serão as protagonistas do espaço em questão. Todos os demais elementos seguirão uma paleta neutra, seja em tons de branco, marfim ou madeira. É uma forma mais simples (e sem risco de erros) de decorar com móveis de cores diferentes.

Peças de móveis maiores podem ser coloridas?

Normalmente, quando pensamos em decoração com móveis coloridos, nos vem a mente peças menores, como uma poltrona, um aparador, a mesinha de centro, enfim, pequenos móveis que chamam a atenção na medida certa. Mas será que é possível optar por colocar cor nos móveis maiores?

A resposta é sim – mas depende do seu gosto. Nada impede de colocar na sala uma estante amarela, por exemplo, ou um home office em que a mesa do escritório tem um tom como rosa ou roxo. Porém, é preciso considerar se você não vai enjoar da cor com muita facilidade. Muitas pessoas sentem a necessidade de mudar os móveis de lugar com frequência e, para essas pessoas, grandes peças coloridas representam um desafio e tanto.

Se você quiser apostar em um móvel maior com cor, a dica é fazer uma harmonização com os outros elementos que compõem a decoração. Significa que, em uma sala com um sofá vinho, você pode optar por cores de parede mais neutras, assim como os demais móveis grandes, deixando para colocar pontos de cor em outros objetos decorativos. Assim, sua composição não ficará “cansativa” para quem vê.

A cor desbota com o tempo?

Ninguém compra móveis pensando em trocar depois de alguns meses de uso. Na verdade, esse tipo de investimento é feito já pensando em uma longa vida útil. Por isso, muita gente se pergunta se a cor dos móveis pode desbotar com o tempo e, de fato, esse é um risco que se corre.

Entretanto, a boa notícia é que as empresas fabricantes de móveis já contam com técnicas que permitem que os móveis coloridos mantenham a boa aparência por longos anos. Uma delas é a laqueação, que aplica algumas camadas de verniz brilhoso capaz de resistir até mesmo à longos períodos de exposição ao sol.

Assim, quando você for comprar o seu móvel colorido, lembre-se de pesquisar se há algum nível de proteção à cor. Para quem pretende reformar um móvel antigo, pintando em casa no maior estilo DIY, a dica é passar um tipo de produto de proteção ao finalizar o projeto (as lojas de tinta podem dar uma orientação mais adequada, levando em consideração o material do móvel).

Quais móveis coloridos colocar em cada cômodo?

Agora, se você tem dúvidas de quais móveis coloridos pode colocar em cada cômodo, o que não falta na internet são inspirações. Algumas combinações funcionam bem em qualquer espaço e você pode “guardar na manga” ideias de terceiros para compor o seu ambiente.

Na sala, os móveis coloridos podem ser o sofá ou a estante, quando se trata de peças maiores, ou pontos de cor em peças menores como o aparador, a mesinha de centro ou o abajur. No quarto, a cabeceira da cama pode ser uma opção interessante, além das mesas de cabeceira, que são menores e funcionam bem com cores variadas.

Na cozinha, uma composição diferente são as cadeiras da mesa coloridas. Vale até colocar uma de cada cor para deixar o ambiente mais animado. Se você quiser se arriscar um pouco mais, pode optar por um armário colorido na cozinha, ou com algumas portas em cores diferentes.

Por fim, o armário ou os nichos do banheiro também podem ganhar um toque de cor. Como as peças do banheiro, geralmente, são de tons neutros, é um bom ambiente para começar a decorar e sentir se você se adapta com esse tipo de composição.

O que NÃO fazer ao decorar com móveis coloridos?

Decorar com móveis coloridos significa colocar a criatividade para funcionar, de uma forma bem livre. Entretanto, é fácil “pesar a mão” e deixar um ambiente não tão agradável. Assim, é bom saber o que não fazer nesse tipo de composição, para acertar nas escolhas.

A primeira dica é entender qual a proposta do cômodo. Por exemplo, o quarto é um lugar em que é interessante criar uma aura de aconchego e sossego, uma vez que é o seu ambiente de descanso. Por isso, as peças coloridas no quarto devem ser menores ou com cores que não incentivem a “agitação”, como o vermelho. Vale pesquisar sobre a psicologia das cores para colocar móveis capazes de causar a sensação correta.

Além disso, para quem vai montar um ambiente com várias peças coloridas, procure optar por cores complementares. Uma dica é utilizar a Roda das Cores, que tem diferentes propostas e ajuda a entender qual cor fica melhor com qual.

De fato, um móvel colorido traz mais vida para qualquer ambiente e pode deixar o seu espaço muito mais original, refletindo a sua identidade. Coloque a criatividade para trabalhar e veja bons resultados na sua casa.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 5 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.