Cadeiras e bancos: tudo junto e misturado6 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Já pensou em misturar cadeiras e bancos para compor a decoração da sua cozinha ou sala de jantar? Conheça mais sobre essa tendência e como colocá-la em prática sem errar.

O tempo em que tudo na cozinha ou sala de jantar tinha de sem igual acabou. Atualmente, as tendências de design de interiores revelam a adoção de uma abordagem diferente em relação à combinação entre mesas e cadeiras ou mesas, cadeiras e bancos!

Para criar um visual mais moderno e bem planejado, é preciso inovar e misturar estilos e móveis diferentes. Por isso, comprar um jogo de cadeiras idênticas entre si e com o mesmo material e cor da mesa não vai deixar seu cômodo parecido com aquelas fotos inspiradoras disponíveis na internet.

Em nosso post, vamos explorar essa tendência de deixar cadeiras e bancos “juntos e misturados” para compor um visual interessante e que demonstrará o quanto você planejou e se dedicou à decoração do seu lar.

Cadeiras e bancos: tudo junto e misturado
Cadeiras e bancos: tudo junto e misturado. Foto: Pixabay.

Como decorar com cadeiras e bancos sem errar

Como fonte para elaborar nosso post, recorremos às dicas de Syd e Shea McGee, os donos estúdio de design de interiores Studio McGee, sobre como misturar e combinar cadeiras e bancos.

As orientações a seguir podem ser utilizadas para cozinhas ou salas de estar com conceito fechado e também para cozinhas com conceito aberto, como cozinhas americanas que são integradas com a sala de jantar.

No último caso, os bancos podem ficar próximos ao balcão (ou ilha) da cozinha e servir como assento para realização de refeições.

Busque pela harmonia

Os designers revelam que, ao elaborar seus projetos, evitam utilizar o mesmo conjunto de cadeiras e bancos a fim de criar um espaço cujo visual seja bem pensado e com diferentes informações visuais. Mas, é necessário atenção durante as escolhas para se certificar de que tudo está harmônico.

A dica geral de Syd e Shea McGee para não errar é: misturar alguns elementos e combinar outros. Abaixo você verá alguns exemplos dos especialistas de como fazer isso, acompanhe!

Misturar tons e combinar materiais

Ao misturar os bancos e cadeiras em uma mesa, você pode escolher um material em comum e ousar na escolha de cores. Por exemplo: bancos e cadeiras de madeira mas como cores opostas, como cadeiras pretas ou marrom escuro pareadas com bancos em tom bege.

Misturar cores e combinar formato e textura

É possível combinar dois elementos e manter apenas um aspecto diferenciado a fim de criar contraste.

Para combinar formatos, observe os contornos do banco e da cadeira. Se as cadeiras apresentam silhuetas curvilíneas, procure por bancos que também possuem esse aspecto.

A textura pode ser combinada por meio de estofados similares ou por detalhes com a mesma textura, por exemplo, cadeiras com encosto de palha e banquetas com “mini” encostos de palha. 

Misturar estilos e combinar cores

Cadeiras com estética tradicional e bancos com visual moderno podem conviver juntos. Para criar coesão, a cor serve como um fio condutor.

Ambos móveis não precisam, necessariamente, ser inteiramente da mesma cor. No exemplo dado por Syd e Shea, a cadeira tradicional é totalmente preta porém somente as pernas do banco apresentam essa cor.

Em cozinhas ou salas de jantar com estilo decorativo eclético, a mistura de estilos é particularmente bem vinda.

Vantagens de misturar cadeiras e bancos na decoração

Dada as orientações gerais para arrasar na mistura entre diferentes móveis, vamos abordar porque você deve dar uma chance a essa forma de decorar e renovar o seu lar:

Visual interessante

Misturar esses dois móveis, como exploramos acima, permite decorar com liberdade e experimentar diversas combinações. A composição com texturas, cores e/ou estilos diferentes garante personalidade e um visual bem acabado e planejado para o cômodo.

Praticidade

Deixar cadeiras de um lado da mesa e um banco longo e único do outro fornece praticidade e funcionalidade. Isso ocorre porque, diferente de cadeiras, os bancos podem acomodar mais pessoas se for preciso.

Aliado dos cômodos pequenos

O formato compacto dos bancos e banquetas permite que eles sejam colocados embaixo da mesa após as refeições. No caso das cozinhas americanas pequenas, o balcão aliado a algumas banquetas pode substituir a mesa tradicional. Essas duas medidas auxiliam a liberar área para circulação dos moradores.

Versatilidade

Bancos podem ser utilizados em diferentes cômodos e ficar “escondidos” até se mostrarem necessários. Por exemplo, um banco pode ficar embaixo de um aparador na sala de estar e ser retirado para se transformar em um assento extra em uma festa.

Armazenamento

Bancos com compartimentos embutidos, os bancos baú, são multiuso por motivos óbvios. Além de serem assentos, podem guardar alguns objetos otimizando a área disponível.

O que achou das nossas dicas para decorar com cadeiras e bancos? Eleja sua forma favorita de manter a harmonia entre cadeiras e bancos e aplique-a à sua cozinha ou sala de jantar para um visual elevado e único.

Perguntas Frequentes

Posso colocar cadeiras e bancos misturados na mesa de jantar?

Não há nenhum problema em utilizar bancos e cadeiras como assentos para mesa de jantar. Inclusive, a mistura de bancos e cadeiras é bem vinda em cômodos compactos. A única questão a ser avaliada é a harmonia entre os assentos escolhidos. Para manter um visual coeso escolha uma cor, material ou textura em comum que dê unidade à composição.

Como escolher cadeiras para mesa de jantar em sala de jantar pequena?

Em salas de jantar com área limitada, utilizar cadeiras de um lado e um banco único ou bancos no outro é uma forma de respeitar a limitação do cômodo. Essa mistura de móveis é indicada porque auxilia a aproveitar e economizar o espaço disponível. Os bancos podem ser colocados em baixo da mesa depois do uso, liberando área para circulação.

Posso utilizar bancos em cozinha americana?

É comum às cozinhas americanas possuir um balcão ou ilha que serve para preparar e consumir alimentos. Nesses casos, principalmente em cozinhas pequenas, adicionar bancos altos e estreitos (no estilo banqueta de bar) é uma medida para otimizar o espaço, dando versatilidade ao balcão. Isso também incorpora a estética de cozinha americana.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 2 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.