Como cuidar de Orquídea Cymbidium: temperatura, fertilização, rega e mais!

Se você é uma amante de plantas com belas flores, com certeza não vai ficar de fora desse artigo sobre como cuidar de orquídea cymbidium! Acompanhe todos os cuidados necessários para um excelente cultivo a seguir!

Conheça a orquídea cymbidium

Cymbidium é um gênero de orquídeas epífitas que pertence à família Orchidaceae, originária da Ásia tropical e subtropical, desde as montanhas do Himalaia até o leste da Ásia e o norte da Austrália.

As orquídeas Cymbidium são populares entre os cultivadores de orquídeas devido a suas charmosas e grandes flores, que podem durar várias semanas na planta. As flores se apresentam em uma ampla gama de cores, desde branco, rosa e vermelho até amarelo, verde e laranja, e podem ser lisas ou ter manchas ou raios.

Estas orquídeas preferem condições de luz brilhante e filtrada, temperaturas frescas a intermediárias e alta umidade. Também requer um substrato bem drenado e arejado, como uma mistura de corte de pino e musgo de esfagno. É importante não sobrecarregar as raízes com água, pois isso pode causar danos.

Em geral, são plantas de baixa manutenção e podem ser uma excelente opção para os fissurados pelas orquídeas que buscam uma planta resistente e fácil de cultivar.

Um pouco sobre a história da planta

Como cuidar de Orquídea Cymbidium
Como cuidar de Orquídea Cymbidium Foto: Pixabay

A Orquídea Cymbidium é uma espécie de orquídea terrestre com flores em forma de barco, o que lhe rendeu o apelido de “orquídea barco” no exterior. Seu nome vem da palavra latina “cymba”, que significa barco em grego.

Essa orquídea pode ser cultivada em vasos ou usada como flor de corte, e tem uma longa duração de florescência. Ela é nativa da Ásia e é encontrada em países como África e Austrália.

As flores de Cymbidium são mantidas em cachos e têm uma ampla variedade de núcleos. Essas orquídeas preferem climas mais ameno ou frios e são comumente usadas para decoração devido à beleza de suas flores.

A Cymbidium foi criada através de cruzamentos de diferentes espécies de orquídeas, evoluiu em flores brancas, rosas, amarelas e muitas outras cores. Para produzir flores brancas e rosas, por exemplo, foram utilizados os cruzamentos de Cymbidium insigne e eburneum Cymbidium, enquanto as flores amarelas foram produzidas a partir da Cymbidium traceyanum, entre outras espécies utilizadas.

Veja também: Saiba como plantar orquídea no vaso, passo a passo completo!

Como cuidar de orquídea cymbidium?

A Orquídea Cymbidium é uma planta relativamente fácil de cuidar, especialmente se descoberta com outras espécies de orquídeas. No entanto, ela ainda requer alguns cuidados para florescer bem e manter sua aparência saudável.

Com esses cuidados básicos, a Orquídea Cymbidium pode florescer por vários anos. Portanto, é uma planta relativamente fácil de cuidar e não exige muita manutenção. Confira mais detalhes a seguir no artigo!

Temperatura e ventilação ideais

A Orquídea Cymbidium é nativa de áreas com clima temperado a frio, portanto, ela prefere temperaturas amenas entre 15°C e 20°C durante o dia e um pouco mais frias à noite, porém acima de 10°C. Evite locais com temperaturas extremas, tanto altas quanto baixas. Se as temperaturas estiverem muito altas, a planta pode não florescer transferida ou até mesmo morrer.

Em relação à ventilação, a Orquídea Cymbidium precisa de boa circulação de ar para evitar problemas como fungos e doenças. No entanto, evite locais com correntes de ar fortes, que podem desidratar a planta ou causar danos às folhas e flores.

Portanto, o ideal é manter a Orquídea Cymbidium em um local com boa ventilação, mas sem correntes de ar fortes, e em uma temperatura amena e constante.

Orquídea Cymbidium
Orquídea Cymbidium Foto: Pinterest

Rega e umidade

A Orquídea Cymbidium prefere um ambiente úmido, mas não encharcado. O substrato deve ser mantido úmido durante todo o ano, mas é importante evitar o excesso excessivo de água no pratinho ou no fundo do vaso, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes.

A frequência de rega pode variar dependendo das condições de clima e do ambiente onde a planta está. Em geral, a Orquídea Cymbidium precisa ser regada quando o substrato estiver quase seco ao toque. Verifique a umidade do substrato plantando o dedo na terra ou usando um medidor de umidade para ter certeza.

Durante os períodos de crescimento e floração, que ocorrem na primavera e no verão, a Orquídea Cymbidium precisa de mais água do que durante o período de dormência, que ocorre no outono e inverno. Durante o período de dormência, a rega deve ser reduzida, mas sem deixar o substrato secar completamente.

Além disso, é importante manter a umidade ao redor da planta com a ajuda de um umidificador. Isso ajuda a aumentar a umidade do ar, o que é importante para o desenvolvimento saudável da Orquídea Cymbidium. O teor de umidade da planta deve ficar em torno de 50%.

Fertilização

A Orquídea Cymbidium precisa de nutrientes para crescer e florescer bem, por isso, a fertilização é importante para a sua saúde. A melhor forma de fertilizar a Orquídea Cymbidium é utilizando um adubo específico para orquídeas, que pode ser encontrado em lojas de jardinagem.

O adubo para orquídeas contém os nutrientes necessários para o crescimento e floração da planta, como, fósforo, potássio e micronutrientes. É importante seguir as instruções do fabricante quanto à dosagem e frequência de aplicação do adubo.

Em geral, recomenda-se fertilizar a Orquídea Cymbidium a cada duas semanas durante o período de crescimento, que ocorre na primavera e no verão, e a cada mês durante o período de dormência, que ocorre no outono e inverno. É importante evitar o excesso de adubo, pois isso pode prejudicar a planta.

Além disso, é possível complementar a adubação com aditivos orgânicos, como farinha de osso ou húmus de minhoca, que ajudam a melhorar a qualidade do substrato e fornecem nutrientes adicionais para a planta.

  • Para que a planta cresça é necessário administrar uma maior quantidade de azoto (N). A fórmula do adubo deve ser: 30:10:10 (N: P: K), que significa 30 partes de azoto (Nitrogênio N), 10 partes de Fósforo (P) e 10 partes de potássio (K). Na fase de floração da planta é preciso aumentar a quantidade de fósforo na fórmula: 10:30:20. Em seguida é necessário equilibrar a fórmula utilizando: 20:20:20.

Escolha o vaso ideal

Vaso ideal para orquídeas
Vaso ideal para orquídeas Foto: Pinterest

É crucial selecionar o vaso ideal para o seu cymbidium, já que a escolha adequada pode favorecer significativamente o seu cultivo, proporcionando uma planta mais vibrante e flores mais bonitas.

Existem alguns requisitos básicos que devem ser atendidos pelo vaso para garantir um bom desenvolvimento da sua cymbidium, tais como: uma boa drenagem, permitindo um escoamento eficiente da água, e ser pequeno e alto.

Recomenda-se o uso de vasos de terracota, uma vez que estes são geralmente mais eficientes do que os de plástico. É importante que o vaso seja um pouco apertado para a cymbidium, já que essas plantas preferem vasos com pouco espaço.

Como fazer a planta florescer?

A orquídea Cymbidium é uma planta que floresce naturalmente durante o outono e inverno, mas também pode ser induzida a florescer em outras épocas do ano com os cuidados adequados. Aqui estão algumas dicas para ajudar sua orquídea Cymbidium a florescer:

  • Luz: As orquídeas Cymbidium precisam de muita luz, mas não devem ser expostas diretamente à luz solar intensa. Coloque sua planta em um local onde ela receba luz solar indireta por pelo menos seis horas por dia.
  • Temperatura: A orquídea Cymbidium precisa de uma variação diurna e noturna de temperatura para florescer. Durante o dia temperatura ideal é de cerca de 15-20°C. Tente manter sua planta em uma sala com essa variação de temperatura.
  • Rega: As orquídeas Cymbidium precisam de rega frequente, mas também precisam de tempo suficiente para que o substrato seque entre as regas. Regue sua planta regularmente, mas não a deixe encharcada. Certifique-se de que o vaso tenha drenagem adequada.
  • Fertilização: A orquídea Cymbidium precisa de nutrientes para florescer. Fertilize uma planta com um fertilizante para orquídeas de alta qualidade, especialmente durante a fase de crescimento ativo. Siga as instruções do fabricante para a dosagem e aplicação.
  • Poda: Corte as hastes florais murchas depois que as flores secarem. Isso ajuda a planta a concentrar sua energia no crescimento de novas hastes florais.

Seguindo essas dicas, você deve ter uma orquídea Cymbidium florescendo em breve. Lembre-se de que cada planta é única e pode ter necessidades diferentes, então monitore sua planta de perto e ajustes de fachada conforme necessário.

Veja também: Como cuidar de orquídeas em vaso, confira dicas essenciais!

E aí, gostou?

Se você gostou desse artigo do Portal KD sobre como cuidar de Orquídea Cymbidium deixe um comentário abaixo nos contando, viu como todos os cuidados são bem simples? Agora você terá um orquídea belíssima na sua casa! Para mais artigos como esse acompanhe nosso site e deixe as suas estrelinhas!

Perguntas frequentes

O que é orquídea cymbidium?

Cymbidium é um gênero de orquídeas epífitas que pertence à família Orchidaceae. Tem origem da Ásia tropical e subtropical, até o leste da Ásia e o norte da Austrália. Essas orquídeas são populares entre os cultivadores de orquídeas devido a suas charmosas e grandes flores, que podem durar várias semanas na planta. As flores se apresentam em uma ampla gama de cores, desde branco, rosa e vermelho até amarelo, verde e laranja.

É fácil de cuidar da orquídea cymbidium?

A Orquídea Cymbidium é uma planta fácil de cuidar, mas, ela ainda requer alguns cuidados para florescer bem e manter sua aparência saudável. Com esses cuidados básicos, a Orquídea Cymbidium pode florescer por vários anos, ela não exige muita manutenção.

Qual é o clima que a orquídea cymbidium gosta?

A Orquídea Cymbidium é adaptada a clima temperado a frio, portanto, ela prefere temperaturas amenas entre 15°C e 20°C durante o dia e um pouco mais frias à noite, porém acima de 10°C. Evite locais com temperaturas extremas. Em relação à ventilação, ela precisa de boa circulação de ar para evitar problemas como fungos e doenças. No entanto, evite locais com correntes de ar fortes, que podem desidratar a planta ou causar danos às folhas e flores.

Avalie este artigo

5/5 - (1 votos)
Adriane Alflen
Adriane Alflen
Tenho 18 anos e escrevo conteúdos para a internet em diversos projetos! Amo acompanhar a televisão e o mundo dos reality shows. Amo crianças e animais, e gosto de escrever sobre assuntos relacionados. Atualmente sou responsável por trazer informações relevantes sobre diversos assuntos todos os dias no Portal KD!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.