Pular para o conteúdo

12 Dicas Fundamentais para saber como plantar cactos

Plantação de cactos em uma estufa

Confira as melhores dicas e aprenda o passo a passo completo, sobre como plantar cactos, em nosso conteúdo feito por especialistas do KD!

Origem dos cactos

Os cactos são um grupo de plantas suculentas originárias das regiões desérticas e tropical secas do mundo inteiro, que se adaptaram ao ambiente hostil devido às suas características peculiares. A família Cactaceae é parte da ordem Caryophyllales, que contém mais de 2000 espécies de cactos.

Esse grupo de plantas foi descoberto há mais de três mil anos e, desde então, tem sido usado como alimento, para fins medicinais e como adorno. Em alguns países, como o México, os cactos são considerados sagrados. Sua origem remonta às regiões desérticas da América do Norte, onde eram usados como alimento por muitas tribos indígenas. Os cactos também foram encontrados em regiões áridas do Sul e Centro-Oeste dos Estados Unidos.

Como plantar cactos

Os cactos são fáceis de cuidar e podem sobreviver em ambientes áridos, desde que sejam regados regularmente. Eles podem ser cultivados em vasos ou em jardins ao ar livre, mas é importante respeitar as necessidades específicas de cada espécie.

Antes de plantar, é preciso escolher um local com pouca umidade e luz direta do sol. É importante optar por um recipiente bem drenado e usar um substrato específico para cactos, como areia grossa, perlita ou vermiculita. Algumas espécies podem ser plantadas diretamente no solo, mas é importante ter cuidado para não compactar o solo demais.

Plantação de cactos em uma estufa
Como plantar cactos. Foto: Pexels

Após plantar, é preciso manter o solo úmido por alguns dias para que a planta consiga se estabelecer. No entanto, quando a planta estiver estabelecida, é preciso moderar a quantidade de água para evitar o encharcamento. Os cactos são tolerantes à seca e resistentes às condições extremas, mas sua saúde pode ser afetada se forem regados frequentemente.

Substrato ideal

O substrato ideal para cactos depende das espécies e condições climáticas da região. Em geral, é indicado um substrato bem drenado, que permita o escoamento da água. Uma boa opção para isso é uma mistura de areia grossa, perlita e vermiculita. É importante lembrar que o substrato deve ser leve e arejado para que possa absorver a água adequadamente.

Algumas espécies de cactos também podem ser cultivadas diretamente no solo, desde que não haja encharcamento. O solo para cactos deve ter alto teor de matéria orgânica e boa drenagem. Caso seja necessário, é possível adicionar substratos específicos à terra para melhorar a drenagem.

Espécie de cactos pequenos
Pequenos cactos. Foto: Pexels

Como plantar cactos: Iluminação

Os cactos são plantas que necessitam de luz solar direta para sobreviver. Eles preferem locais ensolarados, mas nem todas as espécies resistem às horas intensas de luz solar. Por isso, é importante conhecer as necessidades específicas de cada espécie para escolher o local certo para cultivá-las.

Em geral, os cactos não requerem muita luz durante os meses mais frios do ano. No entanto, durante os meses de verão, eles precisam de luz solar direta para se desenvolver adequadamente. Se possível, é aconselhável colocar os vasos em áreas abertas ou em locais bem iluminados durante os meses mais quentes.

Temperatura

A temperatura é muito importante para o desenvolvimento saudável dos cactos. Eles preferem climas quentes e secos, mas resistem bem a temperaturas amenas nos meses mais frios do ano. O ideal é manter a temperatura entre 15°C e 25°C durante todo o ano. Se possível, é aconselhável proteger os vasos durante as noites mais frias do ano para evitar que a planta sofra com as baixas temperaturas.

Como regar

O ritmo de rega dos cactos depende das condições climáticas da região e das necessidades específicas da espécie. A maioria das espécies precisa ser regada apenas uma vez por semana ou até menos frequentemente. É importante lembrar que os cactos são tolerantes à seca e resistentes às condições extremas. Por isso, é bom regar apenas quando o solo estiver completamente seco.

Como plantar cactos
Diversos cactos

Como adubar

Os cactos precisam ser adubados periodicamente para se desenvolver saudáveis e fortes. O ideal é adicionar fertilizantes orgânicos ao solo duas vezes por ano, na primavera e no verão. Os fertilizantes orgânicos são ricos em minerais essenciais para o desenvolvimento adequado da planta.

Alguns fertilizantes sintéticos também podem ser usados com moderação para fornecer nutrientes adicionais às plantas. No entanto, é importante ler as instruções do fabricante para usar corretamente cada produto e evitar que as plantas sejam danificadas pelo excesso de adubo.

Como plantar cactos: fazer mudas?

As mudas são a melhor forma de multiplicar os cactos em casa. É possível fazer mudas usando sementes ou estacas de ramos de plantas adultas. Para fazer mudas a partir de sementes, é importante escolher sementes frescas e plantá-las em recipientes com um substrato específico e bem drenado. Após plantar, é preciso manter o solo úmido por alguns dias até que as mudinhas comecem a brotar.

As mudas também podem ser feitas a partir de estacas de ramos adultos. Para isso, é necessário escolher ramos saudáveis e cortá-los com uma faca afiada. As estacas devem ser colocadas em um recipiente com substrato drenado e mantidas úmidas até que comecem a brotar novas raízes. Após isso, é possível transplantar as mudinhas para um recipiente definitivo ou num jardim ao ar livre.

Cactos com fundo cinza
Cactos com parede cinza ao fundo. Foto: Pexels

Como plantar cactos em vasos?

Os cactos podem ser cultivados em vasos com facilidade. É importante escolher vasos leves e bem drenados para permitir um bom fluxo de água no solo. Além disso, é possível adicionar substratos específicos à terra para melhorar a drenagem do vaso.

Algumas espécies também podem se desenvolver bem em vasos ou em floreiras fixadas na parede da casa. Em geral, é aconselhável escolher recipientes grandes o suficiente para abrigar a raiz principal da planta sem compactar demais o solo ao redor dela.

Como plantar cactos: Pragas e doenças

Os cactos são resistentes à maioria das pragas e doenças por serem uma planta adaptada a condições extremas de solo e clima. No entanto, algumas pragas e doenças podem afetar os cactos se as condições forem propícias à proliferação delas.

Entre as principais pragas estão os cochonilhas, larvas, pulgões e ácaros, que podem sugar a seiva das plantas e causar danos às folhas e flores dos cactos. Algumas doenças também podem afetar as plantas, como mofo e podridão radicular, que são causadas por encharcamento excessivo do solo.

Cactos em seu ambiente natural
Cactos em um lugar de deserto. Foto: Pexels

Como tratar?

Caso os cactos apresentem sinais de pragas ou doenças, é importante identificá-los rapidamente para tratá-los adequadamente. O primeiro passo é isolar a planta afetada para evitar que outras sejam contaminadas pelas pragas ou doenças presentes na planta infectada.

Em caso de pragas, é indicado usar inseticidas naturais ou produtos específicos recomendados pelo fabricante para eliminar as pragas rapidamente sem prejudicar a saúde da planta ou do meio ambiente. Para tratar doenças causadas por encharcamento excessivo do solo, é preciso corrigir os problemas relacionados à água antes de tentar qualquer outro tratamento.

Onde mantê-las?

Os cactos podem ser mantidos em vasos ou em jardins ao ar livre, desde que sejam colocados em locais ensolarados com boa drenagem. Em locais abertos, as plantas recebem luz solar direta durante todo o ano e também ficam protegidas contra pragas e doenças noturnas comuns nos jardins internos.

Algumas espécies também podem ser mantidas dentro de casa se forem colocadas próximas à janela para receber luz solar direta durante parte do dia. No entanto, é importante levar em consideração que algumas espécies não resistem bem às temperaturas frias dos meses mais frios do ano e as folhas podem apodrecer devido à umidade excessiva do ar dentro da casa.

Cactos em um fundo branco
Cactos. Foto: Pexels

Como plantar cactos: Dicas extras

Algumas práticas simples podem ajudar a manter os cactos saudáveis durante todo o ano:

  • Evite regar os cactos com água diretamente da torneira e opte por usar água filtrada ou da chuva;
  • Limpe as folhas periodicamente com um pano macio para remover poeira acumulada;
  • Coloque pedras por baixo dos vasos para facilitar a drenagem da água;
  • Evite usar pesticidas químicos nos cactos;
  • Não exponha as plantas a temperaturas extremamente baixas;
  • Regue apenas quando o solo estiver completamente seco;
  • Adube periodicamente com fertilizantes orgânicos;
  • Use recipientes bem drenados;
  • Coloque os vasos em locais ensolarados durante todo o ano;
  • Proteja os vasos dos ventos fortes;
  • Isole as plantas infectadas por pragas ou doenças;
  • Não coloque as plantas em vasinhos pequenos demais;
  • Remova as folhas secas periodicamente;
  • Escolha vasinhos leves;
  • Evite usar substratos compactados;
  • Evite adubar com fertilizantes sintéticos;
  • Faça mudinhas periodicamente;
  • Use inseticidas naturais para controlar pragas;
  • Evite mudanças bruscas de temperatura;
  • Regue sempre nas raízes da planta;
  • Aplique fertilizantes orgânicos duas vezes por ano (primavera e verão).

E aí, gostou?

Gostou de saber como plantar cactos e quer conhecer mais conteúdos como esse? Então acesse agora mesmo, nossa homepage do KD e fique por dentro das melhores dicas do plantio ao cultivo de diversas plantas!

Perguntas Frequentes

Como escolher o local certo para plantar cactos?

A escolha de um local para plantar cactos depende do tipo de cacto que deseja cultivar. Geralmente, eles precisam de luz solar direta para crescer melhor. Se seu objetivo é cultivar cactos grandes, você deve escolher um local onde possam receber luz solar direta durante a maior parte do dia. Por outro lado, se seu objetivo é cultivar cactos pequenos ou com flores, você deve encontrar um local onde possam receber sol durante algumas horas, mas também onde possam ter sombra durante o resto do dia. Além disso, é importante lembrar que os cactos não gostam de muita água, por isso você precisa encontrar um local onde a rega seja mínima e onde a umidade esteja baixa.

Como plantar cactos?

O primeiro passo para ter sucesso ao plantar cactos é escolher um recipiente adequado. É importante garantir que o recipiente seja grande o suficiente para o tamanho do cacto que você está plantando, pois isso irá assegurar que o cacto tenha espaço suficiente para crescer. Além disso, você também precisa escolher um tipo de solo adequado. O solo ideal para cactos é leve, poroso e ácido. Depois disso, você precisa certificar-se de que o cacto está bem enraizado no recipiente antes de regá-lo de forma moderada. Lembre-se de que os cactos não gostam de água em excesso, então é importante não regar demais.

Quais cuidados especiais são necessários quando se trata de cuidar de cactos?

Os cactos são plantas resistentes, mas ainda assim requerem alguns cuidados especiais para serem saudáveis e bonitos. Primeiro, é importante manter a temperatura adequada para o seu tipo de cacto. Alguns cactos precisam de dias mais frios e noites quentes, enquanto outros precisam de temperaturas mais quentes durante todo o dia. É também importante monitorar a quantidade de luz solar recebida pelo seu cacto e garantir que ele não esteja recebendo luz solar direta por longos períodos de tempo. Finalmente, os fertilizantes também são importantes para manter a saúde do seu cacto. Não exagere na quantidade de fertilizante que você usa, pois isso pode afetar o desenvolvimento do cacto.

Quando devo regar meus cactos?

É recomendado regar os cactos uma vez por semana quando as temperaturas estiverem mais quentes e menos quando as temperaturas estiverem mais frias. Antes de regar, é importante verificar se o solo está seco no topo. Se a terra estiver úmida, não há necessidade de regar novamente. Além disso, é importante lembrar que os cactos não gostam de muita água, então é importante não exagerar na quantidade de água usada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Afiliado