Como plantar grama, confira dicas para ter um gramado verde e saudável!

Ter um jardim bonito e sempre verdinho é o sonho de muitas pessoas, por isso vem com a gente descobrir como plantar grama e cuidar dela, mantendo uma área externa com cara sempre muito bem arborizada!

Mas o que é grama? Qual sua origem?

Grama é uma palavra que pode se referir a várias espécies de plantas herbáceas que determinaram em gramados e pastagens. As gramas são encontradas em muitas partes do mundo e são amplamente cultivadas para uso em paisagismo, esportes, alimentação animal e produção de papel.

A origem das gramas é difícil de ser precisamente determinada, pois existem muitas espécies diferentes com origens distintas. No entanto, acredita-se que as gramas tenham evoluído a partir de plantas ancestrais que herdaram há cerca de 55 milhões de anos, no final do período Paleoceno. Essas plantas se adaptaram a viver em abertas e ensolaradas, e desenvolveram características como folhas estreitas e caules rígidos para sobreviverem em ambientes com muito vento.

Ao longo do tempo, as gramas se tornaram cada vez mais especializadas para crescer em diferentes tipos de solo, climas e altitudes, e hoje existem milhares de espécies diferentes. As gramas são importantes para a saúde do ecossistema, pois ajudam a controlar o cultivo do solo, a reter a umidade e a fornecer alimento e abrigo para muitos animais selvagens.

Tipos de grama

Como plantar grama
Como plantar grama Foto: Pixabay

Existem vários tipos de grama que são utilizados em jardins, campos de futebol, campos de golfe, entre outros locais. Entre os tipos mais comuns, podemos destacar a grama esmeralda, a grama inglesa e a grama curitibana. A grama esmeralda é uma das mais populares no Brasil. Ela é uma grama de folhas finas e macias, com uma coloração verde intensa e brilhante.

É uma grama que cresce em locais com sol pleno ou meia sombra e é bastante resistente a pragas e doenças. A grama inglesa é outra opção bastante utilizada em jardins. Ela é uma grama mais fina e delicada que a esmeralda, com folhas mais estreitas e compridas. É uma grama que cresce bem em locais com sombra ou meia sombra, mas não tolera bem o sol pleno.

Por fim, temos a grama curitibana, que é bastante utilizada em campos de futebol no Brasil. Ela é uma grama resistente e de crescimento rápido, com folhas mais largas e compridas que a esmeralda. É uma grama que cresce bem em locais com sol pleno ou meia sombra. Cada tipo de grama tem suas características específicas e deve ser escolhido de acordo com o local onde será plantado e as necessidades do projeto. É importante escolher bem o tipo de grama para garantir um jardim bonito e saudável.

Veja também: Confira como plantar arruda em seu quintal, dicas eficientes!

Como plantar grama passo a passo

  1. Preparação do solo: Antes de plantar a grama, é importante preparar o solo. Remova todas as plantas, ervas daninhas, pedras e detritos do solo. Em seguida, solte o solo com uma enxada ou um ancinho e adicione adubo ou composto orgânico para enriquecer o solo.
  2. Escolha a grama: Escolha a grama que melhor se adapta ao seu clima e ao tipo de solo. Existem muitas variedades de grama, como Bermuda, Zoysia, Grama Esmeralda e Grama São Carlos.
  3. Preparação do terreno: Antes de plantar a grama, é importante preparar o terreno. Remova todas as pedras e detritos do solo e nivele o terreno com uma enxada ou um ancinho.
  4. Plantio: O plantio da grama pode ser feito com sementes ou com placas de grama. Se optar por sementes, espalhe-as uniformemente sobre o solo preparado e cubra-as com uma fina camada de terra. Se optar por placas de grama, coloque-as sobre o solo preparado e pressione-as firmemente para que fiquem niveladas.
  5. Rega: Regue a grama imediatamente após o plantio para que as sementes ou as placas se fixem ao solo. Regue a grama diariamente durante as primeiras semanas para que ela se estabeleça.
  6. Cuidados: Cuidados regulares com a grama são essenciais para mantê-la saudável e bonita. Isso inclui regar regularmente, fertilizar a grama a cada 6 a 8 semanas, cortar a grama regularmente e remover ervas daninhas e detritos do solo. Com essas dicas, você pode plantar grama com sucesso e desfrutar de um gramado verde e saudável em seu jardim.

Cuidado com a rega

Cortador de grama
Cortador de grama Foto: Pixabay

Após o plantio da grama, a rega é fundamental para o sucesso do crescimento dela. Aqui estão algumas dicas para a rega da grama após o plantio:

  1. Regue a grama imediatamente após o plantio para que as sementes ou as placas de grama se fixem ao solo.
  2. Regue a grama diariamente durante as primeiras semanas para que ela se estabeleça. É importante manter o solo úmido, mas não encharcado.
  3. Regue a grama durante o início da manhã ou no final da tarde, quando a temperatura é mais amena e a evaporação é menor.
  4. Use um aspersor ou um sistema de irrigação para regar a grama de forma uniforme e evitar áreas secas.
  5. Verifique se a água está penetrando no solo e não apenas molhando a superfície da grama.
  6. Reduza gradualmente a frequência de rega à medida que a grama se estabelece e começa a crescer, mas continue regando regularmente para manter o solo úmido. Lembre-se de que cada tipo de solo e clima pode ter necessidades diferentes de rega, portanto, é importante monitorar regularmente o solo e ajustar a frequência e duração da rega conforme necessário.

Cheque a medida da área do plantio

É muito importante medir a área em que a grama será plantada antes de fazer o pedido, para que você possa comprar a quantidade certa de grama. Isso ajudará a evitar desperdícios de grama e dinheiro.

Para medir a área, você pode usar uma fita métrica ou uma corda para medir o comprimento e a largura da área. Multiplique o comprimento pela largura para obter a área total em metros quadrados. Certifique-se de incluir áreas de cantos e recortes. Por exemplo, se você tem uma área de 10 metros de comprimento e 5 metros de largura, a área total são 50 metros quadrados.

 Isso ajudará você a comprar a quantidade certa de grama para cobrir toda a área. Lembre-se também de que é sempre uma boa ideia comprar um pouco mais de grama do que o necessário para cobrir áreas extras ou para substituir áreas danificadas ou mortas.

Fertilização ideal

Fertilizante
Fertilizante Foto: Pixabay

A fertilização é uma parte importante do processo de plantio de grama, pois ajuda a fornecer os nutrientes necessários para a grama crescer saudável e forte. Aqui estão algumas dicas para a fertilização ideal para plantar grama:

  1. Antes do plantio: Antes de plantar a grama, é importante fertilizar o solo com um fertilizante de liberação lenta, que fornecerá nutrientes para a grama durante um longo período de tempo. Siga as instruções do fabricante para a aplicação correta.
  2. Após o plantio: Após o plantio da grama, é importante fornecer um fertilizante com uma fórmula equilibrada, que contenha nitrogênio, fósforo e potássio. Isso ajudará a promover o crescimento saudável da grama. Siga as instruções do fabricante para a aplicação correta.
  3. Fertilização sazonal: A fertilização sazonal é importante para manter a saúde da grama durante todo o ano. Fertilize a grama com um fertilizante equilibrado no início da primavera e no final do verão ou início do outono.
  4. Fertilizante orgânico: Você também pode optar por usar um fertilizante orgânico, que é feito de materiais naturais e ajuda a melhorar a qualidade do solo ao longo do tempo. Lembre-se de que cada tipo de solo e clima pode ter necessidades diferentes de fertilização, portanto, é importante seguir as instruções do fabricante e monitorar regularmente a saúde da grama para ajustar as necessidades de fertilização conforme necessário.

Dicas para manter sua grama sempre verdinha

Confira abaixo algumas dicas para manter sua grama sempre verdinha e saudável:

  1. Regar regularmente: A grama precisa de água regularmente para manter sua cor verde. Regue a grama profundamente uma vez por semana, ou mais frequentemente em climas mais quentes ou secos.
  2. Fertilizar regularmente: A fertilização regular ajuda a fornecer os nutrientes necessários para a grama crescer saudável e verde. Fertilize a grama sazonalmente com um fertilizante equilibrado.
  3. Cortar a grama regularmente: Cortar a grama regularmente ajuda a manter sua cor verde e saudável. Ajuste a altura do cortador de grama para não cortar mais do que um terço do comprimento da lâmina de grama em cada corte.
  4. Remover ervas daninhas e detritos: Remover ervas daninhas e detritos da grama ajuda a manter sua cor verde e saudável. Isso ajuda a evitar que as ervas daninhas roubem nutrientes da grama e que as folhas mortas da grama impeçam o crescimento de novas folhas.
  5. Ajustar o pH do solo: O pH do solo pode afetar o crescimento da grama e sua cor verde. Teste o pH do solo e, se necessário, ajuste-o com aditivos ou fertilizantes específicos.
  6. Aeração do solo: Aeração do solo ajuda a melhorar o fluxo de ar, água e nutrientes para as raízes da grama, o que pode melhorar sua cor verde.
  7. Proteger contra pragas e doenças: Proteger contra pragas e doenças ajuda a manter a grama saudável e verde. Use pesticidas e fungicidas quando necessário e monitore regularmente a grama para sinais de infestação ou doença. Com essas dicas, você pode manter sua grama sempre verde e saudável.

Pragas mais comuns

Existem várias pragas comuns que podem afetar a saúde da grama. Aqui estão algumas das pragas mais comuns na grama e como combatê-las:

  1. Larvas de besouro: Larvas de besouro podem causar danos significativos às raízes da grama. Para combatê-las, aplique um inseticida específico para larvas de besouro na primavera ou no outono, quando as larvas estão mais ativas.
  2. Formigas: Formigas podem criar montes de terra que podem afetar a aparência da grama e criar áreas secas. Para combatê-las, aplique um inseticida específico para formigas ou use um repelente natural, como óleo de hortelã-pimenta.
  3. Lesmas e caracóis: Lesmas e caracóis podem danificar as folhas da grama e criar áreas marrons ou mortas. Para combatê-los, use um repelente natural, como cascas de ovos ou borra de café, ou aplique um inseticida específico para lesmas e caracóis.
  4. Pulgões: Pulgões podem sugar a seiva das folhas da grama e causar danos significativos à saúde da grama. Para combatê-los, aplique um inseticida específico para pulgões na primavera ou no outono.
  5. Besouros japoneses: Besouros japoneses podem causar danos significativos às folhas da grama e criar áreas marrons ou mortas. Para combatê-los, aplique um inseticida específico para besouros japoneses na primavera ou no outono. Lembre-se de que cada tipo de praga pode exigir um método de controle diferente, portanto, é importante identificar corretamente a praga antes de tomar medidas de controle. Além disso, é importante seguir as instruções do fabricante ao usar pesticidas e fungicidas e tomar medidas preventivas para evitar a infestação de pragas.

Cuidado com ervas daninhas

Ervas daninhas
Ervas daninhas Foto: Pinterest

As ervas daninhas são um problema comum na grama e podem afetar a aparência e a saúde da grama. Aqui estão algumas dicas para controlar as ervas daninhas:

  1. Remova as ervas daninhas manualmente: A remoção manual de ervas daninhas é uma opção eficaz para pequenas áreas. Use uma ferramenta de remoção de ervas daninhas para remover as ervas daninhas da raiz e certifique-se de remover todas as partes da planta.
  2. Use um herbicida seletivo: Um herbicida seletivo é uma opção eficaz para controlar as ervas daninhas sem danificar a grama. Certifique-se de escolher um herbicida específico para o tipo de erva daninha que você está tentando controlar.
  3. Aplique o herbicida no momento certo: Aplique o herbicida no momento certo para obter melhores resultados. Por exemplo, aplique o herbicida quando as ervas daninhas estiverem em estágio de crescimento ativo e quando a temperatura estiver na faixa recomendada.
  4. Mantenha a grama saudável: A manutenção regular da grama, como rega, fertilização e corte regular, pode ajudar a manter a saúde da grama e evitar o crescimento das ervas daninhas. Lembre-se de que a prevenção é a melhor maneira de controlar as ervas daninhas na grama. Certifique-se de manter a grama saudável e tomar medidas preventivas, como a aplicação de herbicidas pré-emergentes, para evitar que as ervas daninhas cresçam.

Veja também: Confira dicas imperdíveis de como plantar costela de adão!

E aí, gostou?

Se você gostou desse artigo sobre como plantar grama na sua casa, deixe um comentário abaixo nos contando! Acompanhe o Portal KD para saber mais dicas de jardim e deixe as suas estrelinhas!

Perguntas frequentes

Quais são os tipos de grama?

Entre os tipos mais comuns, podemos destacar a grama esmeralda, a grama inglesa e a grama curitibana. A grama esmeralda é uma das mais populares no Brasil, é uma grama de folhas finas e macias, com uma coloração verde intensa e brilhante. A grama inglesa é outra opção bastante utilizada em jardins, é uma grama mais fina e delicada, com folhas mais estreitas e compridas. Por fim, temos a grama curitibana, que é bastante utilizada em campos de futebol no Brasil. Ela é uma grama resistente e de crescimento rápido, com folhas mais largas e compridas que a esmeralda.

Quais pragas são comuns em gramas?

·         Larvas de besouro
·         Formigas
·         Lesmas e caracóis
·         Pulgões
·         Besouros japoneses
·         Ervas daninhas

Avalie este artigo

Avalie post
Adriane Alflen
Adriane Alflen
Tenho 18 anos e escrevo conteúdos para a internet em diversos projetos! Amo acompanhar a televisão e o mundo dos reality shows. Amo crianças e animais, e gosto de escrever sobre assuntos relacionados. Atualmente sou responsável por trazer informações relevantes sobre diversos assuntos todos os dias no Portal KD!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.