Pular para o conteúdo

Como plantar jiló: Confira dicas incríveis para cultivar em casa!

Está querendo aprender como plantar jiló no seu jardim de um jeito simples e eficaz? Aqui no Portal KD, nosso time fez uma pesquisa completa e preparou um conteúdo repleto de dicas e informações essenciais que você precisa saber! Por isso, leia até o final e com muita atenção para não perder nenhum detalhe importante!

O que é jiló

Antes de aprender como plantar Jiló, é interessante saber qual é a sua origem. O jiló é uma fruta nativa da América do Sul e é encontrado na América Central e do Norte. É cultivado principalmente na América Latina, incluindo o Brasil, e é muito popular na culinária local.

A aparência do jiló é semelhante a uma pequena abóbora verde escura com uma casca rugosa. A polpa branca é carnosa e tem um gosto adocicado e suave, semelhante a um pepino. Além disso, é uma fonte rica de nutrientes, incluindo vitamina C, ferro e cálcio. O jiló é geralmente consumido cru, mas também pode ser cozido ou utilizado em receitas culinárias.

Como plantar jiló
Como plantar jiló. Foto: Pixabay.

Como plantar jiló em casa

Plantar jiló em casa é algo muito simples de se fazer e vai gerar ótimos resultados. Primeiramente, escolha um vaso ou jardineira com boa profundidade e largura, preencher com uma mistura de terra para vegetais ou uma combinação de terra, areia e turfa, espalhar as sementes uniformemente na superfície da terra e pressioná-las levemente para aderência.

Em seguida, regue as sementes cuidadosamente e coloque o vaso em um local ensolarado. Mantenha o solo úmido, mas não encharcado, e aguarde o surgimento das plantas. Adube regularmente e transplante as plantas para vasos separados, se desejar, quando atingirem cerca de 5 cm de altura. Com essas etapas simples, você poderá ter sucesso no cultivo de jiló em casa.

Substrato ideal para plantar jiló

O melhor substrato para plantar jiló é uma mistura de terra para vegetais ou uma combinação de terra e matéria orgânica. Este tipo de mistura garante boa drenagem e fertilidade para as plantas. É importante que o solo seja fértil e úmido, mas não encharcado, para que as raízes do jiló possam crescer saudáveis.

Veja Também: Como plantar costela-de-adão

Melhor clima para cultivar jiló

O melhor clima para cultivar jiló é quente e ensolarado, com temperaturas entre 21°C e 27°C. O jiló também requer uma boa umidade do ar e do solo, mas não gosta de correntes de ar fortes ou fontes de calor direto. A iluminação também é importante para o desenvolvimento da planta e de seus frutos, sendo assim desde os períodos iniciais do cultivo, é interessante manter as mudas por pelo menos 3 horas recebendo luz solar.

Jiló no galho
Jiló no galho. Foto: Pixabay.

Como regar jiloeiro corretamente

Regar o jiloeiro da maneira correta é essencial para garantir uma boa saúde e produção de frutos. É recomendável regá-lo com frequência, evitando encharcar as raízes. O ideal é um ritmo de rega lento e profundo a cada quinze dias. No período entre a rega, o solo deve ser mantido úmido.

Em épocas com muita chuva, deve-se reduzir a frequência para que o solo não fique encharcado. A rega também depende do clima, sendo mais frequente em climas secos e quentes e menos frequente em climas mais frios.

O excesso de água também pode matar as raízes do jiloeiro, portanto, é importante não exagerar na quantidade. Além disso, a água usada para regar deve estar livre de impurezas orgânicas e substâncias químicas, pois isso pode prejudicar a saúde das plantas.

Melhor tipo de adubo para cuidar de jiló

Para cuidar de jiló, o melhor tipo de adubo é um fertilizante orgânico, como esterco de cavalo, composto ou adubo de lombo. Estes adubos irão fornecer os nutrientes necessários para o crescimento saudável das plantas, incluindo nitrogênio, fósforo e potássio.

Lembre-se de adubar regularmente as plantas de jiló, especialmente durante a fase de crescimento e frutificação, para mantê-las saudáveis e produtivas.

Jiló verde
Jiló verde. Foto: Pexels.

Pragas e doenças em jiló

O jiló é uma hortaliça muito versátil e saudável que é amplamente cultivada. No entanto, ela pode ser afetada por diversas pragas e doenças que podem colocar em risco a produção. Para evitar que isso aconteça, algumas medidas de prevenção são fundamentais.

Uma forma de combatê-las é o controle químico, em que pesticidas são aplicados para eliminar os insetos responsáveis pelo ataque à hortaliça. Porém, é importante que esse procedimento seja realizado com cautela para não prejudicar outras espécies e causar impactos ambientais.

Outra forma de combater as pragas é o controle biológico, no qual se utiliza organismos vivos para exterminar aqueles que danificam o jiló. Esse controle é eficaz e mais seguro do que o químico, pois não causa danos à saúde humana nem ao meio ambiente.

Por fim, outra alternativa é a rotação de culturas, que consiste em mudar a plantação periodicamente para evitar o acúmulo de patógenos e pragas no solo. Além disso, é importante também adotar práticas adequadas de manejo da lavoura para garantir a boa saúde da plantação de jiló.

Gostou?

E aí, com as dicas que disponibilizamos neste artigo, você conseguiu entender como plantar jiló na sua casa? Aqui no Portal KD, nos esforçamos muito para poder entregar um conteúdo de qualidade para nossos leitores, sendo assim se você possuir alguma dúvida ou quiser expressar a sua opinião, sinta-se à vontade para registrar seus comentários no espaço aqui abaixo!

Perguntas Frequentes

Como plantar jiló em casa?

O jiló pode ser plantado tanto a céu aberto no jardim quanto em vasos, tudo vau depender das suas necessidades como criador. Em ambas as opções, o recomendado é utilizar um solo fértil e bem drenado, em um local com uma boa iluminação. Após ter escolhido o local ideal, plante as sementes de jiló e regue a terra para manter úmida, mas tome cuidado para não exagerar.

Qual o clima ideal para cultivar jiló?

O clima ideal para cultivar jiló é um clima quente, seco e ensolarado. O solo deve ser rico em nutrientes, bem drenado e com boa aeração. A irrigação deve ser feita frequentemente para manter o solo úmido. O temperatura ideal é entre 21 e 27 graus Celsius durante o dia, e não menos de 15 graus à noite. É importante proteger os jilós do excesso de chuva e ventos fortes, pois isso contribui para o desenvolvimento de doenças.

Qual época do ano é boa para plantar jiló?

O os frutos do jiloeiro podem ser colhidos em até 80 a 100 dias após a semeadura, além disso, a época ideal para iniciar o cultivo é durante o período quente do ano, entre agosto até o final de fevereiro.

Avalie este artigo

5/5 - (1 votos)
Gustavo Herdt
Gustavo Herdt
Tenho 20 anos, sou estudante de Sistemas de Informação na UNIDAVI e sou apaixonado por tudo o que está relacionado a tecnologia e inovação! Atualmente sou um dos responsáveis pela produção dos artigos do KD, todos os dias trazendo novos conteúdos repletos de informações e dicas exclusivas para nossos leitores!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Botão Afiliado