Como plantar mandioca: Do plantio a colheita!

Confira como plantar mandioca, do plantio a colheita e confira as melhores dicas de cultivo! Veja já, em nosso conteúdo completo do KD!

Origem da mandioca

A mandioca é uma planta originária do continente americano, sendo cultivada desde tempos pré-colombianos. Seu nome científico, Manihot esculenta, também é conhecido como aipim, macaxeira, maniva e tapioca. É uma planta herbácea perene, pode viver de 8 a 18 meses. Os principais usos da mandioca são para produção de fécula, alimento e óleo.

O cultivo da mandioca se espalhou pelas Américas Central e do Sul, tendo ganhado destaque na agricultura brasileira. Apesar de ser possível encontrar espécies silvestres, o cultivo é realizado a partir de variedades melhoradas. A seleção das melhores variedades para o clima local é fundamental para o sucesso do cultivo.

Como plantar mandioca

A plantação da mandioca deve ser realizada em locais com temperaturas elevadas durante todo o ano. O clima tropical e subtropical é ideal para o seu desenvolvimento. O solo também é importante para o cultivo, pois a mandioca é uma planta exigente com relação a nutrientes. O solo deve ser rico em matéria orgânica e bem drenado.

A semente deve ser semeada diretamente no solo ou em bandejas de sementes. A profundidade de plantio deve ser entre 1 e 3 cm e a distância entre as mudas varia entre 0,5 e 1m. A irrigação é importante para o estabelecimento das mudas e também para o bom desenvolvimento da cultura. O controle de pragas e doenças também é importante para o sucesso do cultivo.

Plantação de mandioca
Diversas mandiocas plantadas. Foto: Pixabay

Substrato ideal

O substrato ideal para o cultivo da mandioca depende dos objetivos do produtor. Se a finalidade for a produção de fécula, a recomendação é usar um substrato rico em matéria orgânica, com boa drenagem. Esta combinação ajuda a manter um nível ótimo de umidade para a planta.

Para obter melhores resultados, pode-se adicionar compostos orgânicos como esterco bovino, húmus ou estrume de cavalo. Estes compostos são ricos em nutrientes, potencializam a produção de raízes e estimulam o crescimento saudável das folhas. O uso de adubos químicos também é possível, mas recomendado apenas em situações em que não há outras alternativas viáveis.

Como plantar mandioca: Iluminação

A mandioca necessita de iluminação solar direta para produzir as folhas e flores necessárias para seu desenvolvimento. A luz solar promove a fotossíntese, processo que transforma a energia luminosa em energia química armazenada nas folhas da planta. A iluminação também estimula a produção de flores e frutos.

Para obter os melhores resultados, recomenda-se que o local onde a mandioca será plantada receba luz solar direta por pelo menos 8 horas por dia. Uma iluminação artificial pode ser usada em casos específicos, desde que seja fornecida intensidade luminosa suficiente para estimular a produção.

Veja: Como plantar tomate: Aprenda Já com as 9 melhores dicas!

Temperatura

A temperatura ideal para o cultivo da mandioca varia entre 25°C e 30°C durante o dia, com noites entre 15°C e 18°C. Temperaturas abaixo de 10°C podem causar o resfriamento das raízes e prejudicar o desenvolvimento da cultura. Valores acima de 35°C também podem ser prejudiciais, pois reduzem o potencial produtivo da mandioca.

É importante lembrar que climas muito secos também prejudicam o desenvolvimento da planta, pois reduzem a quantidade de água disponível para a planta absorver. Por isso, é necessário estar atento às condições climáticas da região antes de iniciar o cultivo da mandioca.

Mandioca descascada após a colheita
Mandiocas sem cascas. Foto: Pixabay

Como regar

A irrigação é importante para manter as raízes hidratadas e estimular a produção de folhas e flores. A irrigação deve ser feita diariamente em quantidade suficiente para manter o solo úmido, mas sem encharcar. Quando as folhas começarem a amarelecer, significa que a planta precisa de mais água.

O ideal é que a irrigação seja feita pela manhã, pois assim as folhas terão tempo suficiente para secar durante o dia. Isso evita que fungos se desenvolvam na folhagem durante a noite. É importante lembrar que regar demais também pode prejudicar o desenvolvimento da planta.

Como plantar mandioca: Como adubar

A adubação da mandioca deve ser realizada com frequência para manter os níveis ideais de nutrientes no solo e assim garantir um bom desenvolvimento da cultura. Fertilizantes químicos sintéticos podem ser usados em casos específicos, mas fertilizantes orgânicos são mais recomendados para o cultivo da mandioca.

Entre os fertilizantes orgânicos disponíveis estão esterco bovino, húmus e estrume de cavalo. Estes fertilizantes são ricos em nutrientes e estimulam as raízes e folhas da planta a crescer saudavelmente. O uso destes fertilizantes também contribui para melhorar a estrutura do solo e promover sua fertilidade natural.

Confira: Como plantar batata doce: Veja o Passo a Passo Completo!

Como fazer mudas?

As mudas de mandioca podem ser feitas diretamente no solo, mas também é possível usar bandejas de sementes. O primeiro passo é escolher os melhores materiais genéticos disponíveis para obter as melhores variedades possíveis. Depois disso, colocar as sementes em bandejas com substrato rico em matéria orgânica e bem drenado. A profundidade de plantio varia entre 1 e 3 cm e a distância entre as mudas varia entre 0,5 e 1 m.

É importante lembrar que as sementes precisam ser regadas diariamente para que germinem corretamente. A luz solar direta também é importante para estimular o crescimento saudável das mudas. Quando as mudas atingirem 10 cm de altura, elas estarão prontas para serem transplantadas para um solo adequado para o seu desenvolvimento.

Mandioca recém colhidas
Colheita de mandioca. Foto: Pixabay

Como plantar mandioca: Pragas e doenças

A mandioca é suscetível a diversos tipos de pragas e doenças que podem prejudicar o seu desenvolvimento. Os principais problemas são provocados por insetos como baratas, pulgões e lagartas; nematóides; fungos; vírus; bactérias; nematoides; nematóides; algas; etc. Estes organismos podem atacar as raízes, folhas e frutos da mandioca causando sintomas como amarelecimento das folhas, deformidades na parte aérea, desfolha, queda prematura dos frutos, etc.

Alguns cuidados simples podem ser tomados para evitar problemas com pragas e doenças na mandioca: manter o local limpo, remover material morto periodicamente, controlar as infestantes, monitorar os sintomas, usar defensivos agrícolas quando necessário, etc. Com estes cuidados, é possível manter a cultura saudável e produtiva por muitos anos.

Como tratar?

Quando as pragas ou doenças atacam a mandioca, é necessário identificar qual organismo está causando os problemas para escolher o melhor tratamento possível. Defensivos agrícolas convencionais podem ser usados nos casos mais graves, mas também existem outras opções como tratamentos biológicos (usando organismos vivos) e tratamentos homeopáticos (usando soluções diluídas).

Conheça ainda: Como plantar chuchu: Veja um passo a passo simples + dicas de cultivo!

Onde mantê-las?

A mandioca pode ser cultivada em qualquer local onde haja luz solar direta, solo rico em matéria orgânica e boa drenagem. Alguns locais que atendam estes requisitos são quintais, terraços, jardins e hortas urbanas. O local também precisa receber luz solar direta por pelo menos 8 horas por dia para garantir um bom desenvolvimento da cultura.

É importante lembrar que temperaturas abaixo de 10°C e acima de 35°C também podem prejudicar significativamente o desenvolvimento da cultura. Por isso, é necessário verificar as condições climáticas da região antes de iniciar o cultivo da mandioca.

Folha de mandioca com gotas de água
Mandioca regada. Foto: Pixabay

Como plantar mandioca: A Colheita!

A mandioca é uma planta que precisa de bastante tempo para amadurecer. Por isso, é importante que se tenha paciência durante o processo de colheita. Geralmente, ela leva entre quatro e seis meses para estar pronta para ser colhida.

A colheita da mandioca pode ser feita manualmente ou com auxílio de maquinário pesado. Quando for feita manualmente, é importante usar utensílios apropriados para não danificar a planta. Por outro lado, quando se opta por usar maquinário, é necessário tomar cuidado para não destruir o terreno ou causar outros danos às plantas próximas.

Após a colheita, é preciso separar as raízes da mandioca das folhas e das sementes. Isso pode ser feito manualmente, separando todos os materiais, ou usando máquinas que realizam esse trabalho automaticamente. Depois disso, é só limpar as raízes com água e secá-las ao sol antes de armazená-las.

Assim, com as informações acima fica mais fácil entender como plantar e colher mandioca. Porém, é preciso lembrar que cada região tem suas particularidades e que algumas adaptações podem ser necessárias para que o processo seja o mais bem-sucedido possível.

Como plantar mandioca
Diversas mandiocas recém colhidas. Foto: Pixabay

Como plantar mandioca: Dicas extras para cultivo

Algumas dicas simples podem melhorar significativamente os resultados do cultivo da mandioca:

  • Semear as sementes em substrato rico em matéria orgânica;
  • Regar diariamente;
  • Adubar com frequência;
  • Monitorar as condições ambientais (solo, temperatura, luz);
  • Remover material morto periodicamente;
  • Controlar as infestantes.

Todos estes cuidados contribuem para obter melhores resultados no cultivo da mandioca.

Outra dica importante é usar variedades melhoradas adaptadas às condições locais (clima, solo). Esta é uma boa maneira de garantir maior produtividade e qualidade dos frutos produzidos pela cultura da mandioca.

Saiba mais: Dicas de Como Plantar Abacaxi na sua casa de uma maneira fácil!

E aí, gostou?

Gostou de conhecer o passo a passo para saber como plantar mandioca? Então vote em nossas estrelinhas, comente aqui ou ainda, acesse mais conteúdos, em nosso Blog do KD!

Perguntas Frequentes

Como plantar mandioca?

Para saber como plantar mandioca, é necessário escolher a variedade certa de sementes. É importante observar as condições da região onde a mandioca será plantada, pois algumas variedades podem não se adaptar ao clima local. Além disso, também é necessário ter um solo fértil e preparar o terreno corretamente para o plantio, limpar as áreas com ervas daninhas, adicionar matéria orgânica e realizar a irrigação adequada.

Quais são as melhores condições climáticas para o plantio de mandioca?

A mandioca é uma cultura muito resistente, tolerando facilmente temperaturas entre 20°C e 35°C. Contudo, para obter melhores resultados, é recomendável que seja cultivada em climas quentes e úmidos, pois as folhas e os tubérculos desta planta são muito sensíveis às baixas temperaturas. Além disso, para que haja um bom desenvolvimento da cultura, é importante que as chuvas sejam regulares e que não haja períodos prolongados de seca.

Qual é o melhor momento para plantar mandioca?

O melhor momento para plantar mandioca varia de acordo com o clima da região em que ela será cultivada. Em geral, é recomendado que o plantio seja realizado entre os meses de outubro e dezembro, quando as condições climáticas são mais favoráveis para o desenvolvimento da cultura. Além disso, também é importante que seja considerado o ciclo de crescimento da mandioca na região, pois existem variedades que crescem mais rápido do que outras.

Quais cuidados devo ter com a irrigação da mandioca?

É necessário prestar atenção à irrigação da mandioca para garantir um bom desenvolvimento da cultura. Durante os primeiros estágios de desenvolvimento da planta, é importante manter o solo úmido, mas sem encharcar. Após esse período, a irrigação pode ser feita de acordo com a necessidade das plantas. É importante evitar a irrigação em excesso para não prejudicar o desenvolvimento dos tubérculos.

Qual é a melhor época para colher a mandioca?

A melhor época para colher a mandioca depende do tipo de variedade escolhida. Em geral, ela pode ser colhida entre os meses de dezembro e maio, quando os tubérculos já estiverem desenvolvidos. Contudo, algumas variedades podem ser colhidas mais cedo ou mais tarde. Por isso, é importante verificar as características da variedade escolhida para determinar qual é a melhor época para colher a mandioca.

Avalie este artigo

Avalie post
Isabella Coutinho Schmidt
Isabella Coutinho Schmidt
Tenho 20 anos, estou na 6 fase de fisioterapia e sou apaixonada por decoração e paisagismo, adoro escrever e compartilhar meus conteúdos na internet. Atualmente sou responsável pelas publicações KD, diariamente trazendo novos conteúdos para vocês.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.