Como plantar Pitaya: Veja a melhor forma e saiba como cultivá-la!

Aprenda agora mesmo como plantar Pitaya e veja dicas incríveis de cultivo dessa deliciosa fruta, em nosso site do KD!

Origem

A Pitaya é uma planta da família Cactaceae, assim como as suculentas. A planta é nativa da América Central e do Sul, mas atualmente é cultivada em todo o mundo, inclusive no Brasil. A planta cresce em climas tropicais e subtropicais e precisa de muito sol para prosperar. A Pitaya é uma planta trepadeira e pode crescer até 10 metros de altura. A planta tem raízes pequenas e finas que se espalham pelo solo à medida que a planta cresce.

Fruto ainda verde de Pitaya no pé
Fruto verde de pitaya. Foto: Pixabay

As Pitayas são frutos do cacto da família Cactaceae. A fruta é redonda ou oval e pode ter de 5 a 15 cm de diâmetro. A casca da fruta é grossa e escamosa e pode ser amarela, vermelha ou roxa. A carne da fruta é branca, amarela ou roxa e tem numerosas sementes pretas ou brancas. A fruta da Pitaya é doce ou ácida, dependendo do tipo, e é muito refrescante.

Como plantar Pitaya

A Pitaya é uma fruta muito exótica e deliciosa, e plantá-la em casa é um projeto muito gratificante. Apesar de ser uma planta nativa da América Central, a Pitaya é cultivada em todo o mundo, inclusive no Brasil. Se você mora em um lugar com clima tropical ou subtropical e tem espaço na sua casa, pode plantar uma Pitaya e desfrutar dessa fruta maravilhosa.

Fruto pitaya ainda no pé
Pitaya ainda no pé. Foto: Pixabay

A primeira coisa que você precisa saber é que a Pitaya é uma planta trepadeira, então ela precisará de um suporte para crescer. Uma vez que você tenha o suporte, é hora de escolher a Pitaya que você vai plantar. Existem dois tipos principais de Pitaya: a amarela e a roxa. As duas frutas são geralmente do mesmo tamanho e têm a mesma forma, mas a fruta amarela é um pouco mais doce e a roxa um pouco mais ácida. Ambas as frutas são extremamente deliciosas, então a escolha é realmente sua.

Substrato ideal

O substrato ideal para a Pitaya é rico em nutrientes, bem drenado e levemente ácido. Você pode comprar um substrato especial para cactos e suculentas em qualquer jardim ou loja de produtos para jardinagem. Se não conseguir encontrar esse tipo de substrato, você pode fazer o seu próprio substrato usando areia grossa, pedras trituradas e musgo.

Para fazer o seu próprio substrato, misture 2 partes de areia grossa com 1 parte de pedras trituradas e 1 parte de musgo. Essa mistura deve fornecer um substrato bem drenado e levemente ácido que a Pitaya precisa para prosperar.

Mini espada de São Jorge como cuidar: Veja 13 dicas fundamentais!

Como plantar Pitaya: As regas corretas!

A Pitaya precisa de muita água durante o verão, quando está em plena atividade vegetativa, mas precisa de menos água durante o inverno, quando entra em dormência. Regue a planta duas vezes por semana durante o verão e uma vez por semana durante o inverno. Use sempre água morna ou filtrada para regar a Pitaya, pois a água da torneira pode conter cloro ou outros químicos nocivos à planta.

Pitaya cortada
Pitaya cortada em vários pedaços. Foto: Pixabay

Se a sua Pitaya estiver plantada em vasos, certifique-se de que os vasos têm furos no fundo para drenar a água excessiva. Se a água não puder drenar adequadamente do vaso, a raiz da Pitaya poderá apodrecer e a planta morrerá.

Como adubar

A Pitaya precisa de um adubo rico em nutrientes para prosperar. Você pode comprar um adubo especial para cactos e suculentas em qualquer jardim ou loja de produtos para jardinagem. Se não conseguir encontrar esse tipo de adubo, você pode usar um adubo líquido universal para regar a planta a cada 2 semanas durante o verão.

Como plantar pitaya
Como cultivar Pitaya. Foto: Pixabay

Para fazer o seu próprio adubo líquido universal, misture 1/4 de xícara (60 ml) de uma fórmula 10-10-10 em 1 galão (3,8 litros) de água morna. Essa mistura fornecerá a Pitaya com os nutrientes de que precisa para prosperar.

Conheça as necessidades de poda!

A Pitaya não precisa ser podada, mas podar a planta regularmente ajudará a mantê-la saudável e produtiva. Podar as extremidades da planta também ajudará a estimular o crescimento da planta. Para podar a Pitaya, use tesouras limpas e afiadas. Certifique-se de remover todas as folhas mortas e secas da planta antes realizar a poda.

Dipladênia como cuidar: Saiba mais características e dicas sobre a flor!

Como fazer mudas?

Fazer mudas da sua Pitaya é uma ótima maneira de cultivar novas plantas e ter garantia de que elas sejam saudáveis. Para fazer uma muda, escolha um ramo saudável da sua planta-mãe e corte-o com tesouras limpas e afiadas. Certifique-se de que o ramo tenha pelo menos 2 nós.

Como cultivar pitaya corretamente
Como plantar pitaya. Foto: Pixabay

Depois de cortar o ramo, coloque-o em uma panela com água morna e deixe-o descansar por 24 horas para que as extremidades sejam hidratadas. Depois disso, coloque o ramo em um vaso com areia grossa ou musgo e cubra-o com um saco plástico transparente para manter a umidade.

Certifique-se de que o vaso esteja em um local quente e ensolarado e regue o ramo uma vez por semana para manter o solo úmido. O ramo deve começar a produzir novas raízes em 4 a 6 semanas. Depois que as novas raízes começarem a crescer, transplantar o ramo para um vaso com um substrato bem drenado.

Como plantar Pitaya: Pragas e doenças

As principais pragas da Pitaya são ácaros, percevejos e tripes. Ácaros são aranhas minúsculas que se alimentam da seiva da planta e podem causar danos significativos à planta se não forem controlados. Percevejos são insetos que sugam a seiva da planta e também podem causar danos significativos à planta se não forem controlados. Tripes são larvas que se alimentam das folhas da planta e podem causar grandes danos à planta se não forem controlados.

Mulher colhendo pitayas do pé
Colhendo Pitaya. Foto: Pexels

As principais doenças da Pitaya são o mofo cinzento e o oídio. O mofo cinzento é causado por um fungo que se alimenta das folhas da planta e causa manchas cinzentas nas folhas. O oídio é causado por outro fungo que se alimenta das folhas da planta e causa manchas brancas nas folhas. Ambos os fungos podem causar grandes danos à planta se não forem controlados.

Amarílis como cuidar: Confira os tipos e as melhores dicas!

Como tratar?

Se você suspeitar que sua Pitaya esteja infestada por pragas ou doenças, é importante tratar a planta imediatamente para evitar danos significativos. Se os ácaros, percevejos ou tripes estiverem presentes, use um inseticida especial para cactos e suculentas para matá-los. Você pode comprar inseticidas especiais em qualquer jardim ou loja de produtos para jardinagem.

Se a sua planta estiver infestada por fungos, use um fungicida especial para cactos e suculentas para tratá-la. Você pode comprar fungicidas especiais em qualquer jardim ou loja de produtos para jardinagem. Certifique-se de seguir as instruções do fabricante quanto à dosagem e aplicação do inseticida ou fungicida para evitar danos à sua planta.

Onde mantê-las?

A Pitaya precisa de muito sol para prosperar, então escolha um local ensolarado para mantê-la. A planta também precisa de bastante espaço para crescer, então certifique-se de que há pelo menos 1 metro quadrado de espaço livre ao redor da planta. A Pitaya também precisa de ar fresco, então não coloque a planta em um local fechado, como um quarto fechado ou uma garagem.

Pitaya roxa cortada ao meio
Pitaya roxa. Foto: Pexels

A melhor maneira de mantê-la é colocá-la em um local ensolarado com bastante espaço ao redor da planta para que ela possa crescer. Se você morar em um lugar com clima tropical ou subtropical, poderá cultivá-la ao ar livre. Se você morar em um lugar com clima temperado, mantenha-a em um local ensolarado dentro de casa, como perto de uma janela ensolarada.

Como Plantar Orquídeas no vaso: Guia completo passo a passo!

Dicas extras para cultivo da Pitaya

Aqui estão algumas dicas extras que você pode seguir para garantir que sua Pitaya cresça saudável e produza frutas deliciosas:

  • Certifique-se de que o local onde você mantém sua planta está ensolarado durante todo o dia.
  • Regue sua planta duas vezes por semana durante o verão e uma vez por semana durante o inverno.
  • Adube sua planta com um adubo líquido universal uma vez por mês durante o verão.
  • Pode suas extremidades da planta uma vez por ano para estimular o crescimento.
  • Certifique-se de que há pelo menos 1 metro quadrado de espaço livre ao redor da planta
Pitayas recém colhidas do pé
Pessoa segurando pitayas colhidas. Foto: Pexels

Quer saber mais?

Se você gostou de saber como plantar Pitaya, confira mais assuntos como esse, em nosso site do KD! Vote em nossas estrelinhas e comente aqui, para avaliar nosso conteúdo exclusivo para você, leitor!

Como plantar pitaya?

Perguntas Frequentes

Como plantar pitaya?

Para começar a saber Como plantar pitaya, você precisará de uma semente e de um local quente e ensolarado para cultivá-la.

Qual a melhor época para plantar uma pitaya?

A melhor época para plantar uma pitaya é durante o verão, quando o clima está mais quente.

Qual o cuidado necessário com a plantação?

O cuidado necessário com a plantação é regar a planta com frequência, deixando o solo úmido, mas não encharcado. Também é importante proteger a planta do frio e do vento.

Como saber se a fruta está madura?

A pitaya, ou fruta-do-dragão, é uma fruta exótica e deliciosa que pode ser encontrada em muitas partes do mundo. Apesar de seu nome, a pitaya não é um parente próximo do dragão, mas sim da rosa. A fruta é geralmente redonda ou oval, com uma pele fina e escamosa que abriga uma polpa suculenta e semelhante ao kiwi.
Quando a pitaya está madura, ela pode ser facilmente identificada por sua cor vibrante. A fruta madura é geralmente de um tom avermelhado ou amarelo-claro, dependendo da variedade. Outra maneira de saber se a pitaya está madura é pressionar levemente a fruta. Se a fruta ceder à pressão, significa que está pronta para ser consumida.

Qual a origem da Pitaya?

A pitaya é um fruto da América Central, especificamente da região da floresta tropical do México, América do Sul e América Central. A árvore da qual o fruto é originário, a Hylocereus undatus, é uma cactoide trepadora que pode atingir até 10 metros de altura.
A fruta da pitaya é uma baya com sementes negras que cresce em cachos alongados, maduros. As sementes são comestíveis e podem ser mastigadas para extrair o suco. A polpa é doce e aromática, com um sabor levemente ácido, semelhante a uma uva vermelha.

Avalie este artigo

5/5 - (1 votos)
Isabella Coutinho Schmidt
Isabella Coutinho Schmidt
Tenho 20 anos, estou na 6 fase de fisioterapia e sou apaixonada por decoração e paisagismo, adoro escrever e compartilhar meus conteúdos na internet. Atualmente sou responsável pelas publicações KD, diariamente trazendo novos conteúdos para vocês.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.