Como plantar quiabo de uma maneira simples, confira o passo a passo!

Está procurando um jeito de aprender a como plantar quiabo na horta de sua casa? Neste artigo do KD, nós elaboramos um conteúdo especial e repleto de dicas e informações para que você possa aprender um jeito simples e fácil de cultivar esta planta em sua casa!

O que é quiabo

O quiabo é um vegetal originário da África e muito popular na culinária brasileira. Seu formato é semelhante ao de um abacaxi, com uma casca lisa e verde, e sua polpa interior é de cor branca.  Ele também contém grandes quantidades de fibras, vitaminas A, B e C, cálcio, ferro, magnésio, zinco e selênio. Além disso, é rico em antioxidantes, que são substâncias naturais que ajudam a combater os radicais livres presentes no organismo.

Pode ser consumido cru ou cozido e é usado para preparar diversos pratos, como por exemplo, salada, sopas, ensopados, purês e ainda assados. Além disso, é possível consumir o quiabo de outras formas como farinha, sucos e chás.

O quiabo é um alimento muito saudável e versátil, pois possui vários benefícios à saúde. Por exemplo, auxilia na digestão devido à grande quantidade de fibras presentes em sua composição. Além disso, também ajuda a controlar o colesterol e reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Outro benefício do quiabo é que ele possui propriedades anti-inflamatórias e possui uma grande quantidade de vitamina A que ajudam a melhorar a visão. Além disso, também tem efeitos positivos na pele pois contribui para a prevenção de rugas.

Como plantar quiabo
Como plantar quiabo. Foto: Pixabay.

Como plantar quiabo

Antes de realmente aprender como plantar quiabo, você precisa escolher a variedade que deseja cultivar. Existem algumas variedades diferentes de quiabo, cada uma com suas próprias características e necessidades específicas. É importante escolher uma variedade que se adapte às condições climáticas da sua região.

Depois de escolher a variedade certa, é hora de preparar o solo para o plantio. O solo ideal para o cultivo do quiabo deve ser úmido e bem drenado. Uma vez que o solo esteja pronto, você pode começar a plantar. O ideal é que as sementes sejam enterradas a cerca de 2 centímetros de profundidade e colocadas a cerca de 10 centímetros de distância entre elas.

Após isso, basta regar diariamente para manter o solo úmido e bem irrigado. Além do regador diário, é importante adubar periodicamente as plantas com fertilizantes orgânicos ricos em nutrientes essenciais para o desenvolvimento saudável das plantas.

Veja Também: Como plantar pimenta

Como plantar quiabo e qual é o substrato ideal

Uma das melhores opções para o substrato ideal para plantar quiabo é uma mistura de terra com composto orgânico. Isso ajuda a manter o solo úmido e fornece nutrientes essenciais às suas raízes. Além disso, adicionar um pouco de areia fina à mistura também ajuda a fornecer drenagem adequada e manter o substrato leve.

Outra opção é usar um solo com boa fertilidade, como um solo rico em matéria orgânica. Esses solos são bons pois contêm nutrientes naturais e não requerem adição de fertilizantes químicos. No entanto, é importante lembrar que se o solo for muito ácido ou alcalino, isso pode afetar negativamente o desenvolvimento da planta.

Por fim, os adubos sintéticos também podem ser usados, mas é recomendado usá-los com moderação. Eles podem ser usados ​​para manter os nutrientes necessários no solo e melhorar o crescimento da planta, mas se usados ​​em excesso podem causar danos à saúde da planta.

Pé de quiabo
Pé de quiabo. Foto: Pixabay.

Iluminação no cultivo

A luz solar direta é a melhor opção para o cultivo de quiabo, pois proporciona a quantidade certa de luz, assim como de calor e assimilação de nutrientes. No entanto, em alguns casos, devido às condições climáticas, pode ser necessário usar lâmpadas artificiais para dar os nutrientes necessários às plantas. O tipo de lâmpada a ser usado varia de acordo com a fase de desenvolvimento da planta.

Durante a fase de crescimento, as lâmpadas fluorescentes são as mais recomendadas para fornecer luz suficiente. Estas lâmpadas têm a capacidade de emitir luz azul e vermelha, que estimulam o crescimento da planta. Além disso, elas não produzem calor e são menos dispendiosas do que as outras opções.

Já na fase de floração, as lâmpadas LED são as mais indicadas. Estas têm maior capacidade de emissão de luz vermelha e azul, o que estimula a produção floral do quiabo. Além disso, elas não gera calor excessivo e têm maior durabilidade do que as fluorescentes.

Temperatura ideal

A temperatura é um dos fatores que mais influenciam o crescimento e a produção desta planta, por isso é importante saber qual a temperatura ideal para o seu cultivo.

O quiabo necessita de temperaturas médias entre 20°C e 25°C para se desenvolver corretamente. É importante evitar temperaturas muito baixas ou altas, pois elas podem prejudicar o crescimento da planta. Quando as temperaturas são baixas, elas afetam diretamente a floração e a produção dos frutos, além de dificultar a germinação das sementes. Por outro lado, temperaturas muito altas também podem causar estresse térmico nos quiabos e levar à morte da cultura.

Quiabo cortado
Quiabo cortado. Foto: Pixabay.

Cuidados na irrigação do quiabo

Diferente do que muitas pessoas pensam o quiabeiro é uma planta que aguenta passar um período de tempo sem irrigação, porém é claro que este não é o recomendado. Não existe segredo para irrigar quiabo, basta estar atendo se o solo se matem úmido mesmo com a variação do clima.

Em épocas de calor intenso, o quiabo precisa de irrigação diária para não sofrer estresse hídrico. Para isso, é recomendado usar sistemas de irrigação por aspersão para garantir que a água chegue às raízes das plantas e a umidade do solo seja mantida.

Além disso, quando as temperaturas caem, as regas precisam ser reduzidas e controladas para que as raízes não sofram danos devido ao excesso de água. É importante prestar atenção na quantidade de água utilizada e evitar o desperdício.

Como plantar quiabo e adubar

É necessário adubar o solo com nutrientes para que o quiabo se desenvolva adequadamente. Existem vários tipos de adubação que podem ser usados, incluindo adubação orgânica e química.

A adubação orgânica envolve o uso de composto orgânico, como esterco, palha e restos de culturas anteriores. Ela ajuda a melhorar a estrutura do solo e fornecer nutrientes às plantas, enquanto isso a adubação química envolve o uso de fertilizantes sintéticos para fornecer nutrientes às plantas. Esta forma de adubação é mais cara, mas é mais eficaz em fornecer nutrientes às plantas em quantidades específicas.

É importante escolher o tipo certo de adubação para o quiabo, considerando as necessidades nutricionais das plantas, o tipo de solo e as condições climáticas. Além disso, é importante garantir que a adubação seja feita regularmente para que as plantas recebam quantidades adequadas dos nutrientes que precisam para crescer saudáveis ​​e fortes.

Quiabos sobre a mesa
Quiabos sobre a mesa. Foto: Pixabay.

Pragas e Doenças

O quiabo é uma planta muito delicada que pode estar sujeita a diversas pragas e doenças. Entre as principais encontramos o oídio, o míldio, o ácaro-vermelho, a antracnose, a mancha-de-falso-ouro e a murcha-da-raiz.

O oídio é uma doença fúngica que provoca manchas brancas na folha do quiabo e, se não tratada, pode matar a planta. O míldio também é um fungo que causa manchas marrons nas folhas e nas hastes da planta, o que dificulta o desenvolvimento normal da cultura.

O ácaro-vermelho é um inseto que se alimenta das folhas do quiabo, provocando pequenas manchas vermelhas na superfície da planta. A antracnose causa manchas negras nas nervuras das folhas e pode levar à queda prematura dos frutos. Já a mancha-de-falso-ouro provoca amarelamento nas folhas e frutos do quiabo. Por fim, a murcha-da-raiz é uma doença causada por um fungo que ataca as raízes da planta, deixando-a enfraquecida e vulnerável.

E aí, gostou?

O conteúdo deste artigo te ajudou a entender como plantar quiabo em sua casa? Caso queira obter mais dicas sobre jardinagem, não deixe de conferir o Blog do KD, onde todos os dias produzimos conteúdos incríveis para você!

Perguntas Frequentes

Como plantar quiabo?

O primeiro passo para plantar quiabo é escolher que tipo de variedade de planta cultivar, em seguida é preciso preparar o local do plantio, preferência com um solo úmido e bem drenado. As sementes devem ser enterradas com 2 centímetros de profundidade e 12 centímetros de distância entre elas, além disso caso você queira plantar em linhas, o recomendado é deixar um espaçamento de 60 centímetros.

Quais cuidados devem ser tomadas para irrigar quiabo?

Para a cultura de quiabo, basta sempre estar atendo a umidade do solo. Em épocas de calor mais intenso, o recomendado é aumentar a frequência de irrigação, porém quando as temperaturas caem, é preciso estar atendo ao excesso de água oferecido para a planta, pois isso pode causar danos em suas raízes.

Como adubar quiabo?

A adubação de quiabo é essencial para as melhores colheitas. É importante aplicar fertilizantes que contêm nutrientes como nitrogênio, fosforo e potássio para um bom desenvolvimento da planta. Deve-se também adicionar matéria orgânica, como esterco, para melhorar a qualidade do solo. Por fim, não se esqueça de regar todos os dias para manter o solo sempre úmido.

Qual o clima ideal para cultivar quiabo?

O clima ideal para cultivar quiabo é aquecido e úmido. Quanto à temperatura, o quiabo necessita de temperaturas que variam entre 20°C e 25°C. O local de plantio também influencia no crescimento saudável do quiabo. A iluminação solar direta pode ser útil, mas também é importante que haja sombra parcial para proteger as plantas.

Avalie este artigo

3.7/5 - (3 votos)
Gustavo Herdt
Gustavo Herdt
Tenho 20 anos, sou estudante de Sistemas de Informação na UNIDAVI e sou apaixonado por tudo o que está relacionado a tecnologia e inovação! Atualmente sou um dos responsáveis pela produção dos artigos do KD, todos os dias trazendo novos conteúdos repletos de informações e dicas exclusivas para nossos leitores!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.