Como transformar o escritório em um quarto de bebê?

4 minutos de leitura

Você acabou de descobrir que vai ser pai ou mãe, mas não tem a menor ideia de como vai aconchegar o novo morador da casa? Confira algumas dicas para transformar o escritório em um quarto com mais tranquilidade!

A gravidez é um processo complexo que altera não só o corpo da mulher e a rotina do casal, mas também a organização da casa. Especialmente quando a gestação não é planejada, receber a notícia da chegada de um bebê impõe aos moradores da casa reorganizar o espaço para acolher o(a) novo(a) morador(a).

O quarto de um bebê precisa ter espaço para abrigar móveis básicos (como berço, armário e poltrona), além de ser um ambiente silencioso e bem arejado onde o recém-nascido possa dormir sem problemas — caso contrário, ninguém na casa vai conseguir dormir.

Por isso, se você acabou de descobrir que vai ter um filho e não tem a menor ideia de como vai reorganizar os espaços em sua casa para recebê-lo, confira as dicas para transformar o seu escritório no quarto do bebê antes de comprar tinta e contratar mão-de-obra especializada!

Invista na decoração

Transformar o escritório em um quarto com criança brincando
Toda criança precisa de espaço para brincar e se desenvolver. Foto: Pexels

O primeiro passo é pensar na decoração do quarto. Isso pode te ajudar a estruturar o resto dos itens, como móveis, itens decorativos, entre outros. Uma dica simples para aumentar a sensação de profundidade de qualquer cômodo é colocar um espelho em uma área estratégica da parede de modo a refletir a luz solar.

Se a sua casa ou apartamento é pequeno, é preciso investir também em estantes altas, para que elas não ocupem o espaço mais próximo ao chão onde outros itens e móveis precisam ser colocados.

Calibrar bem a iluminação do quarto também é essencial. Ambientes muito claros podem dificultar que o bebê durma durante a noite, o que pode prejudicar a organização da rotina de todos os moradores da casa.

Por isso, invista em uma iluminação aconchegante, mudando a localização de alguns pontos de luz. Troque o lustre e evite que a iluminação se dirija diretamente para o berço. E não se esqueça de colocar cortinas nas janelas — um modo simples e fácil de regular a iluminação no quarto.

Por fim, é preciso caprichar nas cores. É comum que os quartos infantis sejam muito coloridos, sobretudo quando elas são recém-nascidas. É necessário ter cuidado para não deixar o quarto sobrecarregado e investir em tonalidades mais claras, já que os bebês são muito sensíveis a mudanças no ambiente e cores fortes podem criar estímulos que podem influenciar o seu sono, humor e apetite. Coloque cores claras especialmente nas áreas com as quais o bebê tem um contato mais direto, como colchões, sofás, cortinas e o próprio berço.

Reutilize móveis e itens

Muita gente acredita que precisa comprar um mobiliário novo ou se desfazer do antigo ao transformar o escritório em um quarto de bebê. Contudo, é possível ter criatividade e reaproveitar pelo menos parte dos móveis.

A escrivaninha que você utiliza para trabalhar, por exemplo, pode ganhar gavetas e se tornar um trocador. Para essa mudança, basta contratar um marceneiro para reaproveitar o móvel inicial.

À medida que a criança crescer, basta retirar as gavetas e voltar a utilizar o móvel como escrivaninha. Uma bancada modulada também pode se tornar um trocador, bastando colocar uma almofada sobre ela.

Sabe aquelas caixas que você costuma utilizar como depósito de papéis e materiais de escritório e são dificilmente utilizadas? Que tal limpá-las, doar os materiais parados e transformá-las em porta-lenço, porta-algodão e outros produtos de higiene? Um jeito fácil de ter à mão rapidamente itens essenciais para manter o bebê higienizado.

Avalie este artigo

Avalie post
Isabella Coutinho Schmidt
Isabella Coutinho Schmidt
Tenho 20 anos, estou na 5 fase de fisioterapia e sou apaixonada por decoração e paisagismo, adoro escrever e compartilhar meus conteúdos na internet. Atualmente sou responsável pelas publicações KD, diariamente trazendo novos conteúdos para vocês.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Aprenda a cultivar a planta Crista de Galo Melhores revestimentos para piscinas – vantagens de cada um Aprenda como cultivar o lírio da paz – confira dicas Conheça os benefícios do gengibre para a sua saúde 7 Espécies de plantas para ter na jardineira do seu quintal