Pular para o conteúdo

Coração emaranhado como cuidar em casa com dicas simples!

Quer adicionar uma nova planta na decoração de sua casa, mas ainda não conhece o coração emaranhado como cuidar na irrigação, adubação e no plantio? Neste artigo, o time do KD preparou um conteúdo repleto de dicas e informações incríveis para que você possa conhecer está planta e aprender a cultivá-la em sua casa!

O que é coração emaranhado

Coração emaranhado é uma planta trepadeira da família Asclepiadaceae, também conhecida como víbora de rosas. Esta planta é nativa da África, Ásia e Austrália e tem folhas verdes ovais lisas que medem cerca de 3-5 cm de comprimento. Os ramos são flexíveis e têm múltiplas flores de diferentes cores, que vão do amarelo ao marrom.

Ela também é bastante resistente e pode crescer bem em condições menos ideais. É uma planta muito versátil, pois não requer muito esforço para manter o seu crescimento saudável. Ela pode ser cultivada em áreas sombreadas ou em locais ensolarados. Além disso, ela prospera em solo bem drenado e úmido.

O coração emaranhado também é conhecido por atrair insetos polinizadores para as flores. Estes insetos ajudam na reprodução da planta, pois transferindo os grãos de pólen entre as flores. Por causa de sua beleza singular e resistência às condições climáticas adversas, o coração emaranhado tem sido cultivada por jardineiros ao redor do mundo em ambientes internos e externos.

Coração emaranhado como cuidar
Coração emaranhado como cuidar. Foto: Unsplash.

Como plantar coração emaranhado

Para começar a plantar coração emaranhado, você precisará de um vaso de tamanho médio com furos para drenagem. Encha o vaso com um substrato bem drenado, como uma mistura de terra, areia e turfa. Adicione adubo orgânico na mistura para fornecer nutrientes à planta. Use uma boa qualidade de adubo orgânico que não seja químico.

Depois que o vaso estiver pronto, pegue uma semente de coração emaranhado e coloque-a no centro do vaso. Em seguida, cubra a semente com um pouco de terra e regue abundantemente. Coloque o vaso em um lugar ensolarado mas protegido do vento. Se possível, mantenha o solo úmido mas não encharcado.

Após algumas semanas, as sementes germinarão e começarão a produzir pequenas folhas verdes. Quando a planta cresce atingindo 10 cm de altura, você pode transplantá-la para um vaso maior para que possa se desenvolver melhor.

Veja Também: Como cuidar de violetas no vaso

Substrato ideal para plantar coração amaranhado

O substrato ideal para plantar coração emaranhado é aquele que fornece à planta todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento saudável. Normalmente, um substrato de turfa, areia e terra de jardim triturada em partes iguais é o mais recomendado para esta espécie.

O substrato deve ser leve e bem drenado, pois o excesso de água pode causar problemas às raízes das plantas. A adição de matéria orgânica, como composto ou esterco, é altamente recomendada para fornecer nutrientes à planta. Uma boa dica é adicionar um pouco de casca de madeira triturada no substrato, pois ela ajuda a manter o solo úmido e contribui para a fertilidade do solo. Além disso, ela forma uma camada protetora nas raízes das plantas, mantendo-as saudáveis.

O coração emaranhado não gosta de solos muito ácidos ou alcalinos, portanto o pH do solo precisa ser mantido em torno de 6,5-7. É importante monitorar o pH do solo de vez em quando e adicionar adubo orgânico caso seja necessário.

Coração emaranhado: Foto: Unsplash.

Clima para cultivar coração emaranhado

O coração emaranhado prefere ambientes úmidos e quentes, portanto, o ideal é cultivá-la em regiões com temperaturas mais elevadas. A planta não gosta muito do sol direto, portanto, ela deve sempre ser mantida fora das áreas mais ensolaradas.

A umidade do ar também é importante, pois ela necessita de um ambiente húmido para se desenvolver adequadamente. Por esse motivo, é recomendado que se mantenha a região onde a planta está localizada regularmente regada, para garantir a umidade necessária.

Coração emaranhado como cuidar na irrigação

Coração emaranhado é uma planta trepadeira rara e encantadora, originária da África. Esta espécie de flor é conhecida por suas folhas verdes escuras e brilhantes, assim como por seus longos caules pendentes que podem atingir até um metro de comprimento. Apesar de ser uma planta relativamente resistente, é preciso conhecer alguns cuidados básicos para mantê-la saudável.

Uma das principais preocupações na hora de cuidar de coração emaranhado é a irrigação. O ideal é regar a planta sempre que a terra estiver seca, pois ela não suporta solo encharcado. Além disso, ao regar, tente não molhar as folhas para evitar o desenvolvimento de fungos e doenças.

Coração emaranhado como cuidar no vaso
Coração emaranhado como cuidar no vaso. Foto: Unsplash.

Coração emaranhado como cuidar na adubação

É recomendado adubar o coração emaranhado uma vez ao mês durante o período em que ela está em crescimento. Em temperaturas mais quentes, isso pode ser feito com fertilizantes líquidos. Para temperaturas mais amenas, um fertilizante sólido é melhor. O fertilizante deve conter fósforo e potássio, juntamente com nitrogênio para estimular o crescimento da folhagem.

Pragas e doenças em coração emaranhado

As principais pragas a serem consideradas são os pulgões, as moscas brancas e os besouros. Os pulgões podem afetar a planta de várias maneiras; eles sugam a seiva das folhas, o que leva à desfolha e morte da planta. As moscas brancas também podem causar danos às folhas do coração emaranhado, pois sugam a seiva da planta. Além disso, os besouros também podem danificar as folhas da planta, comendo-as em grandes quantidades.

Quanto às doenças, o coração emaranhado pode ser afetada por Podridão Radicular, que é causada por fungos que atacam as raízes da planta. Esta doença leva à morte das raízes da planta, o que por sua vez leva à desfolha e eventual morte da planta. Outra doença que pode afetar o coração emaranhado é o míldio, que manifesta sintomas como manchas na parte superior das folhas.

Para evitar ou controlar as pragas e doenças em coração emaranhado, é importante certificar-se de que ela esteja em um local adequado para sua saúde. As plantas devem ser mantidas em locais frescos e bem ventilados, longe da luz direta do sol. É importante também remover as folhas e flores doentes ou mortas da planta para evitar que as pragas se espalhem. Por fim, é necessário certificar-se de que a planta receba uma quantidade adequada de água, pois isso pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de doenças.

E aí, gostou?

Coma leitura deste artigo, você conseguiu entender o que é o coração emaranhada como cuidar e plantar essa planta? Caso queira obter mais dicas sobre jardinagem, não deixe de conferir o Blog do KD, onde todos os dias produzimos conteúdos incríveis para você!

Perguntas Frequentes

Qual é o clima ideal para cultivar coração emaranhado?

O clima ideal para cultivar o coração emaranhado é um clima subtropical, com temperaturas ameno e moderado. É importante que a temperatura não seja muito alta, pois isso pode danificar a planta. O coração emaranhado também precisa de umidade moderada no ar, mas não precisa de muita água para sua irrigação. Ela se adapta bem à luz solar direta, mas também pode se desenvolver em sombra parcial. O ideal é que ela receba luz indireta e solos ricos em matéria orgânica.

Coração emaranhado como cuidar na irrigação?

Para a irrigação, ela precisa de água moderada e regularmente. Em épocas quentes, a água deverá ser aplicada diariamente para evitar o ressecamento das folhas. Já em períodos mais frios, a frequência da irrigação pode ser reduzida. O solo também deve ser mantido levemente úmido e o melhor é o adubo orgânico. Por isso, adicione material orgânico em seu solo para manter a planta saudável.

Coração emaranhado como cuidar e plantar?

Coração emaranhado é uma planta trepadeira fácil de cuidar. Para plantá-la, escolha um vaso com drenagem e preencha-o com terra para cactos e suculentas. Regue levemente a planta e coloque-a em um local ensolarado. Ela precisa de luz durante todo o ano, mas não gosta de muito calor direto.

Avalie este artigo

Avalie post
Gustavo Herdt
Gustavo Herdt
Tenho 20 anos, sou estudante de Sistemas de Informação na UNIDAVI e sou apaixonado por tudo o que está relacionado a tecnologia e inovação! Atualmente sou um dos responsáveis pela produção dos artigos do KD, todos os dias trazendo novos conteúdos repletos de informações e dicas exclusivas para nossos leitores!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Botão Afiliado