Cozinha em L6 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Cozinha em L é apropriada para quem almeja repaginar ou montar um cômodo que otimize o espaço existente sem abrir mão do conceito aberto.

O nome é autoexplicativo, as cozinhas em L possuem um formato que cria o ângulo de 90 graus, assim como a letra “L”. Geralmente essa variação de cozinha apresenta o conceito aberto, ou seja, encontra-se integrada com outro cômodo do lar, sem que existam barreiras separando os locais.

Conforme apontado no site especializado em decoração HGTV, as cozinhas com formato de letra “L” funcionam bem em ambientes pequenos e médios. Além disso, elas são soluções na hora de aproveitar aquele canto esquisito no layout da moradia.

A redação do HGTV também destaca que essas cozinhas necessitam de, no mínimo, uma parede que sirva de suporte para armários e outros componentes fixos. Seu conceito aberto cria a impressão de área mais ampla e deixa o local convidativo para interações sociais.

Quer saber mais sobre essa variação de cozinha? Acompanhe nosso post para conhecer mais vantagens e informações práticas sobre a cozinha em L.

Cozinha em L
Cozinha em L. Foto: Pickpik

Tudo o que você precisa saber sobre cozinha em L

Coletamos informações da HGTV e do site Habitissimo para listar os atrativos e particularidades desse layout simples de cozinha que oferece os seguintes aspectos positivos:

Benefícios da cozinha em L

A sensação de ambiente espaçoso e o aproveitamento do canto (fruto do encontro entre as paredes) são os primeiros aspectos associados às cozinhas em L. Tais atributos fazem dessa configuração uma das mais populares em apartamentos e casas pequenas.

O conceito aberto típico dessas cozinhas permite o fluxo facilitado de moradores e convidados pelos cômodos, o que torna a cozinha um ambiente social.

Além do conceito aberto, a disposição das paredes igualmente favorece a locomoção pela área. Isso ocorre pois a cozinha em L reúne os móveis e eletrodomésticos próximos às paredes liberando um corredor livre para a execução das tarefas culinárias.

O layout facilita a implementação da regra do triângulo de trabalho da cozinha. Esse termo diz respeito à “regra” sobre o posicionamento do fogão, pia e geladeira na cozinha. Seu objetivo é favorecer o fluxo de trabalho e o uso desses elementos centrais.

Como aplicar o triângulo do trabalho em cozinha em L

Comentamos que é mais fácil respeitar a regra do triângulo nas cozinhas em forma de L, agora nos resta explicar como fazê-lo.

O posicionamento desses três elementos principais da cozinha deve criar uma triangulação na qual cada um representa uma ponta do triângulo.

Por causa das “partes do L” que compõe a cozinha em L, isso se torna mais fácil, visto que existem dois segmentos disponíveis para alocar a pia, a geladeira e o fogão.

Veja alguns exemplos:

Em um segmento da cozinha, posicione o fogão e a geladeira. No outro, coloque a pia. Os eletrodomésticos em questão podem ficar na mesma parede, mas não devem ficar lado a lado porque o calor do fogão prejudica o funcionamento da geladeira. Use um móvel com tampo ou algo semelhante para separá-los.

Dedique uma das paredes para tarefas culinárias e de limpeza. Instale a pia e o fogão nessa área e reserve móveis com tampo para preparar alimentos e lavar os pratos. A outra parede assume os móveis de armazenamento e a geladeira.

Cozinha em L com bancada ou ilha

Se a área disponível em sua cozinha permitir, uma bancada ou ilha para preparar alimentos pode ser adicionada. 

A depender da altura do móvel, a bancada pode desempenhar o papel de mesa e aproximar as pessoas de quem está cozinhando. Observe as alturas recomendadas pela plataforma Habitissimo em relação ao uso de bancadas:

  • Bancada destinada somente à preparação de alimentos: 90 cm a 105 cm de altura;
  • Bancada para preparo e consumo de alimentos utilizando cadeiras tradicionais: 72 cm a 78 cm;
  • Bancada para preparo e consumo de alimentos mais elevada compatível com banquetas: 1,05 cm a 1,10 cm.

Caso a última opção seja escolhida, as banquetas giratórias e com ajuste de altura são recomendadas a fim de prezar a funcionalidade e permitir que diferentes indivíduos possam sentar à mesa.

O que você deve saber antes de montar sua cozinha em L

As cozinhas em L tendem a ser abertas e, em decorrência disso, exibem os mesmo problemas das cozinhas de conceito aberto. Alguns dos fatores negativos que você deve conhecer a fim tomar medidas para minimizá-los são:

  • os barulhos e aromas da cozinha irão se espalhar para o ambiente integrado. A instalação de uma coifa é recomendada para lidar com os cheiros;
  • pode ser complicado utilizar o “canto” de sua cozinha em L. Com intuito de contornar o problema, encomende móveis projetados para essa área;
  • a quantidade reduzida de paredes, em comparação a cozinhas em “U” e fechadas, resulta em menor área para armazenar itens. Opte por móveis e objetos com bastante capacidade de armazenamento.

Aplicando as dicas acima, você diminuirá o impacto dos aspectos indesejáveis da cozinha em L e poderá desfrutar melhor desse ambiente do seu lar.

Perguntas Frequentes

Qual é o preço médio de uma cozinha em L planejada?

Segundo informações divulgadas na plataforma Habitissimo, uma cozinha planejada com área aproximada de 7 m² custa cerca de R$ 14.000,00. O preço inclui os móveis e os acabamentos relativos à obra. O preço médio de cozinhas planejadas, em geral, independente do formato, varia entre R$ 12.500,00 e R$ 40.000,00.

Como montar uma cozinha em L pequena?

Cozinhas em formato de L têm como particularidade o ângulo reto formado entre os dois segmentos de bancadas e armários. Esse “canto” pode ser difícil de aproveitar, por isso, investir em móveis planejados é uma medida que auxilia na construção de uma cozinha desse tipo. Peças sob medida poderão se adaptar ao canto e fornecer funcionalidade.

Como organizar uma cozinha em L?

Manter uma cozinha em L organizada requer algumas estratégias para otimizar a área disponível. Incorporar móveis planejados, prateleiras que se projetam para fora, gavetas que seguem o formato da cozinha, caixas, nichos e organizadores internos de armários é uma ação que auxilia na ordenação e armazenamento dos utensílios e demais objetos.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.