Cozinha: um ambiente social6 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

A cozinha do seu lar pode se transformar no cenário de convivência e criação de boas memórias envolvendo os moradores e amigos. Veja como ressaltar o aspecto social desse cômodo.

A cozinha é usualmente chamada de “coração do lar” dada sua importância funcional. Mas ela também pode ser o coração das interações entre os membros da família e os amigos queridos.

Se você está interessado em modificar sua cozinha para favorecer a interação social entre as pessoas que ama, acompanhe nosso post. Aqui, vamos abordar mudanças e dicas para deixar sua cozinha convidativa.

Cozinha: um ambiente social
Cozinha: um ambiente social. Foto: Pixabay.

Conheça 4 formas de modificar sua cozinha e deixá-la mais social

Recorremos a dicas de diversos sites especializados em decoração e design de interiores para construir essa lista de como repaginar sua cozinha e transformá-la em uma área agradável para conversar e se entreter.

Dentre os sites consultados estão: Talking Kitchens, Houzz, Visionary Cabinetry e Decoist. Abaixo você encontrará as orientações mais recorrentes apresentadas nesses blogs.

1. Abra o espaço para interação com uma cozinha com conceito aberto

A forma mais efetiva para tornar sua cozinha em um ponto de encontro para conversas e comemorações é integrá-la às áreas ao redor. Isso requer a mudança de uma cozinha com conceito fechado para uma com conceito aberto.

Cozinhas com conceito aberto são preferíveis pois propiciam um fluxo de circulação e movimentação mais livre, assim como permitem o trânsito entre a cozinha e a sala em ocasiões comemorativas.

Se sua cozinha já é integrada à sala de jantar ou de estar, você está um passo à frente no processo de deixar esse cômodo mais “social”. Para quem tem uma cozinha fechada, será preciso ― caso haja disposição e possibilidade ― derrubar uma ou mais paredes para interligar os ambientes.

A demarcação visual entre os cômodos pode ser feita por uma meia parede, pela bancada ou ilha da cozinha (sobre a qual falaremos a seguir) ou com uma estante com compartimentos para armazenar objetos em ambos lados.

2. Crie um ponto de interação com uma bancada e banquetas de bar

Se abrir a cozinha não foi o suficiente para incentivar a convivência e conversação, experimente adicionar uma bancada multiuso à equação.

As ilhas ou bancadas de cozinha estão disponíveis no mercado em diversos estilos, o que facilita a procura por um móvel que se encaixe na decoração do ambiente. Ao escolher, procure por móveis que podem ser utilizados para o preparo das refeições e para o consumo também.

Para isso, a bancada deve apresentar uma altura adequada para servir de mesa e acomodar banquetas de bar ou cadeiras normais ― a depender da sua preferência.

Pesquisamos na plataforma Habitissimo quais são as alturas ideais para cada uso da bancada, confira:

  • Se você deseja apenas preparar as refeições, a bancada deve apresentar cerca de 90 cm a 105 cm;
  • Para uma bancada destinada à preparação de alimentos e que possa ser pareada com banquetas altas, no estilo banco de bar, a altura deve ser maior, variando entre 105 cm a 110 cm;
  • Caso o assento escolhido seja um conjunto de cadeiras tradicionais, a bancada precisa possuir, aproximadamente, 72 cm a 78 cm de altura.

3. Crie a sensação de local aconchegante

Um ambiente focado na interação social deve fazer com que as pessoas se sintam queridas e, por isso, desejem passar bastante tempo lá. Cômodos com uma aparência séria e demasiadamente formal dificilmente irão despertar essa sensação.

Por isso, sua cozinha precisa proporcionar conforto e fazer com que todos sintam-se bem recebidos e “em casa”.

Caso sua mesa de jantar fique na cozinha, invista em assentos com estofado e uma mesa feita de madeira com estilo rústico. Para decorar, escolha uma bela toalha de mesa e, no centro, posicione um arranjo de flores ou uma fruteira de mesa.

4. Mantenha a cozinha bem iluminada

Assim como um cômodo sério e formal não é muito convidativo, uma cozinha escura e mal iluminada também não é favorável à interação social. Portanto, a iluminação deve receber uma atenção especial nesse processo de repaginação da cozinha.

Tome medidas que irão favorecer à incidência de luz natural e adicione luz artificial quando necessário. Pintar as paredes com uma cor clara e pálida auxilia no aproveitamento da luz natural, assim como adicionar mais janelas ou aumentar as já existentes.

Outra medida prática é fixar um ou dois espelhos para refletir a iluminação natural. Ao optar por essa ação, planeje o posicionamento a fim de evitar que o reflexo da luz incomode o olhar os visitantes e moradores.

Em relação à iluminação artificial, luminárias cuja intensidade de luminosidade pode ser controlada são úteis para adequar a iluminação a diferentes situações de interação social. Também é possível posicional luminárias em pontos estratégicos, como sobre a bancada, por exemplo.

Cada uma dessas dicas irá fazer de sua cozinha um espaço para criação de belas memórias entre familiares e amigos. Escolha a sua dica preferida e coloque-a em prática!

Perguntas Frequentes

Quais são as vantagens de transformar minha cozinha em um ambiente mais social?

Exaltar o aspecto social da cozinha é positivo porque faz desse cômodo um local multiuso, uma vez que ela servirá para cozinhar e para o entretenimento. Com o foco na interação social, os membros da família, assim como as visitas, poderão interagir e colaborar durante o processo de preparo dos alimentos, deixando as tarefas mais agradáveis e divertidas.

Qual tipo de cozinha é melhor para facilitar as interações sociais?

As cozinhas com conceito aberto e integradas a outro cômodo, como as cozinhas americanas, são as que mais facilitam a interação entre pessoas. Isso ocorre porque a conexão entre cozinha e sala de jantar ou de estar proporciona mais espaço para circulação de pessoas e possibilita a comunicação entre os cômodos.

Como posso deixar a minha cozinha mais “social”?

Para favorecer as interações entre os moradores e convidados, invista na adição de algumas banquetas e uma bancada (ou ilha) que possa ser empregada tanto para o preparo de alimentos, quanto para o consumo de refeições. Com essa mudança, quem prepara a comida pode conversar com a pessoa que está sentada do outro lado.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 13 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.