Olá, querido leitor!

Se for daqueles que gostam de colocar a mão na massa, que não têm medo de ousar e adoram responder “Fui eu que fiz!” quando alguém elogia alguma coisa bacana na sua casa, acredite: a gente te entende, amigo! É super possível aventurar-se na decoração de interiores pequenos, médios ou grandes, mesmo sendo totalmente leigo no assunto! ;)

capa-2

Confira as dicas que separamos para você que quer uma decoração de ambientes simples e barata e pretende se jogar nessa aventura:

1 -Inspire-se:

Primeiro de tudo, pergunte-se do que você gosta. Curte uma decoração mais jovem, mais leve? Que tal uma inspiração mais vintage? Gosta de tudo bem colorido ou é fã de um estilo mais clean? Ter essas respostas pode ajudar muito na hora de dar um norte à decoração de interiores de salas, quartos e outros ambientes da sua casa!

2 – Desapegue:

Se você não pretende começar sua decoração do zero, separe tudo o que não for usar mais! Livre-se de objetos e móveis que não utilize ou que só estejam acumulando poeira. Com um ambiente mais vazio, fica muito mais fácil ver melhor o espaço que você tem disponível em casa. Bem melhor, né?!

3 – Entenda as dimensões:

É preciso saber o tamanho dos ambientes da sua casa. Meça os cômodos que você pretende decorar e anote tudinho! Isso vai auxiliar na hora de escolher os móveis. Tire as medidas das paredes e também as medidas da parte de baixo das janelas para não errar na altura . Outra medida que não se deve esquecer é a do pé direito do cômodo, ou seja, a altura que vai do chão até o teto. Nas cozinhas e banheiros, tire também as medidas do sifão e das saídas de água e gás. Parece chato, mas acredite: isso pode evitar muita dor de cabeça depois!

1

4 – Desenhe:

Desenhar não é o seu forte? Não faz mal. Desenhe à mão livre, como puder, os ambientes que serão decorados. Lembra das medições que você fez lá no item 2? Hora de transferi-las para o seu desenho! Se você já tiver alguns móveis, meça-os também e insira nesse desenho que você fez. Assim não terá surpresa na hora de comprar outros itens. :)

5 – Tire fotos:

Uma boa maneira de você visualizar melhor o ambiente que quer decorar é fotografá-lo. As fotos podem também ajudar outras pessoas a visualizarem o que você pretende fazer. Isso pode ser uma mão na roda e até ajuda a deixar a decoração de interiores simples e barata

6 – Tecnologia a seu favor:

Existem vários apps voltados para decoração de interiores simples, mas que podem te ajudar muito na hora de você entender melhor seus ambientes. O aplicativo Photo Measures Lite, por exemplo, ajuda a guardar as medidas de cada espaço. O Magic Plan é ótimo para montar uma planta baixa da sua casa. Já o Coral Visualizer auxilia na hora de escolher as cores para suas paredes, inclusive combinando com móveis que você já tenha.

7 – Visite lojas:

Bata perna por aí! Vá a lojas de decoração ou de móveis e inspire-se! Sem tempo para isso? Sem problemas! Use a internet como uma super aliada! Na LojasKD você pode encontrar váários itens de decoração e também fazer tours nos ambientes da Loja. Tudo online! A Internet é demais, né? <3

loja-2

8 – Planeje seus gastos:

Ter um orçamento para fazer o que você precisa é muito eficiente. Nem sempre rola decorar a casa toda de uma vez, mas você pode decorar primeiro o cômodo que tiver mais prioridade. Ah, e faça orçamentos! Pesquise o preço de prestadores de serviços, como marceneiros, pintores, eletricistas. Anote tudo e organize-se antes de lançar-se às compras!

9 – Cores:

Escolha uma paleta de cores. Você pode fazer isso, tomando como base as cores dos revestimentos, como pisos ou cores de paredes já existentes. Outra maneira bacana é basear-se em algum item específico, como uma peça de arte, um tapete, um quadro ou até mesmo um arranjo que você já tenha e goste muito.

10 – Brinque com as cores:

Com a paleta estabelecida é hora de começar a combinar. Tenha em mente que na decoração de interiores de quartos, salas, cozinhas e banheiros, cores neutras vão bem em itens grandes e que não são trocados com muita frequência, como o sofá ou a mesa de jantar. Os tons mais coloridos podem ir para as paredes ou em detalhes como molduras ou almofadas. Esses são itens que podem ser facilmente trocados, caso você enjoe e queira mudar totalmente sua decoração novamente.

6

7

 

11. Use móveis antigos:

Sabe aquele móvel da vó da sua bisavó? Dê um jeitinho nele! Muitas vezes os móveis antigos são herança de família e vale muito a pena colocá-los em destaque. Para isso, coloque um papel ou uma pintura diferente na parede onde eles estarão posicionados ou ainda, uma luz direcionada para destacá-lo. Outra opção muito bacana é repaginá-lo com uma cor diferente e vibrante, dando destaque à peça em uma ambiente mais neutro. Pense que ele ainda estará na família para as mais novas gerações ;)

12 – Amplitudes:

Sabia que é possível ampliar ou diminuir um ambiente usando as cores certas? Segundo a designer de interiores Karen Goulart, cômodos com pouca circulação como lavabos, hall de entrada e churrasqueiras permitem uma decoração mais carregada nas cores. Já ambientes nos quais as pessoas passam muito  tempo, como salas e quartos, pedem cores neutras. “Cores mais quentes podem enjoar facilmente, mas claro que existem exceções. Tudo é questão do gosto de cada um.” Fica ainda uma regra de ouro: cores fortes nas paredes dão aconchego e diminuem o ambiente, cores claras dão amplitude e um ar de limpeza à casa.

5

13 – Crie:

Não despreze seu potencial criativo! Que tal tentar um pouco de DIY ( ou “Faça você Mesmo”)? Ter em sua casa peças que foram feitas por você é algo muito especial! Pode ser um quadrinho, um móvel antigo que você mesmo reformou ou até mesmo almofadas que você mesmo costurou! Solte o artista que existe em você!

14 – No chão:

Trocar o piso, além de não ser muito prático e deixar a casa uma bagunça, pode também ser caro. Uma ideia bacana para mudar a decoração da sua sala ou dos quartos de maneira prática, rápida e muito mais econômica é utilizar pisos vinílicos, à base de PVC. Alguns modelos funcionam com encaixe, o que dispensa o uso de cola. Além disso, eles podem ser super versáteis, pois são encontrados em diferentes texturas, cores e acabamentos.

15 – Sua casa, sua cara:

Deixe sua casa falar sobre você! Use objetos que tenham a ver com o seu estilo para decorar os ambientes. Hobbies, seu trabalho e personalidades que você admira podem fazer parte disso. Peças compradas durante suas viagens também são uma ótima opção!

4

E aí, gostou das dicas?! Com as informações do post e os móveis da LojasKD fica fácil ser um decorador profissional, né?! A boa notícia é que todos os ambientes aí de cima, você encontra no site da Loja! Então não hesite em clicar nos links ou nas imagens, para encontrar o móvel que procura :)

 

Procurando móveis para decorar? Encontre aqui! :)