Fungo na unha (Micose), entenda o que é, como prevenir e cuidar!

Quer saber o que é fungo na unha, como tratar e suas causas? Então você está no lugar certo! No decorrer desse artigo de hoje do Portal KD entenda tudo sobre essa infecção causada por fungos!

O que é o fungo na unha?

O fungo nas unhas, também conhecido como onicomicose ou micose de unha, é uma infecção causada por fungos que afeta as unhas dos pés e, em menor frequência, as unhas das mãos. Os fungos que normalmente causam essa infecção pertencem ao grupo dos dermatófitos, mas também podem ser causados por leveduras ou fungos não dermatófitos.

A infecção fúngica nas unhas geralmente começa na borda livre da unha e, gradualmente, se espalha para a base. Os sintomas comuns incluem descoloração da unha, tornando-se amarelada, esbranquiçada ou com manchas escuras. A unha também pode ficar espessa, quebradiça, frágil e com aspecto deformado. Às vezes, pode haver dor ou desconforto ao andar ou ao pressionar a unha afetada.

Os fungos prosperam em ambientes quentes e úmidos, como dentro dos sapatos, vestiários ou chuveiros públicos, tornando esses locais propícios para a infecção. Além disso, lesões nas unhas, oclusão excessiva (uso constante de esmalte) e condições médicas subjacentes, como diabetes, doenças circulatórias ou sistema imunológico enfraquecido, podem aumentar o risco de desenvolver uma infecção fúngica nas unhas.

Fungo na unha
Fungo na unha Foto: Istock

O tratamento da onicomicose pode envolver o uso de medicamentos antifúngicos tópicos, orais ou uma combinação de ambos, dependendo da gravidade da infecção. Em casos mais graves, quando a infecção causa dor intensa, desconforto significativo ou risco de complicações, a remoção cirúrgica da unha infectada pode ser considerada.

É importante consultar um médico, dermatologista ou podólogo para obter um diagnóstico correto e um plano de tratamento adequado, já que outras condições podem imitar a infecção fúngica nas unhas, como psoríase ou trauma nas unhas. Além disso, seguir medidas de prevenção, como manter os pés secos, usar sapatos adequados e evitar o compartilhamento de itens pessoais, pode ajudar a reduzir o risco de contrair ou espalhar a infecção fúngica nas unhas.

Veja também: Saiba o que são manchas brancas nas unhas e como resolver!

O que causa a micose na unha?

O fungo nas unhas, conhecido como onicomicose, é causado principalmente por fungos dermatófitos, mas também pode ser causado por leveduras ou fungos não dermatófitos. Esses fungos normalmente estão presentes no ambiente e podem infectar as unhas quando encontram condições favoráveis.

Alguns fatores que contribuem para o desenvolvimento do fungo nas unhas incluem:

  • Ambiente úmido: Os fungos prosperam em ambientes quentes e úmidos, como vestiários, chuveiros públicos, piscinas e banheiras. Caminhar descalço nesses locais pode aumentar o risco de exposição aos fungos.
  • Contato direto: O fungo nas unhas pode se espalhar de uma pessoa para outra por meio do contato direto, especialmente se houver lesões ou feridas nas unhas.
  • Trauma nas unhas: Lesões ou trauma nas unhas, como cortes, impactos ou atividades repetitivas que pressionam as unhas, podem enfraquecer a unha e facilitar a entrada dos fungos.
  • Calçados inadequados: O uso de calçados apertados, fechados e que não permitem a ventilação adequada dos pés pode criar um ambiente propício para o crescimento dos fungos.
  • Condições médicas subjacentes: Certas condições médicas, como diabetes, doenças circulatórias, comprometimento do sistema imunológico e problemas vasculares, podem aumentar o risco de desenvolver infecções fúngicas nas unhas.
  • Uso prolongado de esmaltes: A aplicação contínua de esmaltes nas unhas pode criar um ambiente úmido e abafado, favorecendo o crescimento de fungos.

É importante ressaltar que nem todas as pessoas expostas aos fungos desenvolverão a infecção fúngica nas unhas. Algumas pessoas podem ser mais suscetíveis devido a fatores individuais, como a genética ou a resposta imunológica.

Como prevenir?

Micose
Micose Foto: Istock

Para prevenir a micose de unha (onicomicose), existem algumas medidas que podem ser adotadas. Aqui estão algumas dicas para ajudar a evitar a infecção fúngica nas unhas:

  1. Mantenha os pés secos: Fungos prosperam em ambientes úmidos, portanto, certifique-se de secar bem os pés, especialmente entre os dedos, após o banho, a natação ou qualquer atividade que deixe os pés molhados. Use uma toalha limpa e seque completamente a região.
  2. Use sapatos adequados: Opte por calçados que sejam confortáveis, permitam a ventilação adequada dos pés e não sejam muito apertados. Evite sapatos fechados por longos períodos, especialmente se seus pés tendem a transpirar muito. Dê preferência a sapatos feitos de materiais respiráveis, como couro ou tecidos naturais.
  3. Use meias limpas: Use meias limpas de algodão ou outros materiais absorventes, que ajudam a absorver a umidade dos pés. Troque as meias regularmente, especialmente se seus pés transpirarem muito.
  4. Evite andar descalço em áreas públicas: Evite caminhar descalço em locais onde há maior probabilidade de exposição a fungos, como vestiários, chuveiros públicos, piscinas e saunas. Use chinelos ou sandálias para proteger seus pés.
  5. Mantenha as unhas curtas: Corte regularmente as unhas dos pés, mantendo-as curtas e niveladas. Isso reduz o acúmulo de sujeira e facilita a higienização adequada.
  6. Evite o compartilhamento de itens pessoais: Evite compartilhar tesouras de unha, lixas, cortadores de unha e outros itens pessoais de cuidados com as unhas com outras pessoas. Os fungos podem se espalhar por meio desses objetos.
  7. Tenha cuidado com manicure e pedicure: Certifique-se de que os instrumentos utilizados em salões de beleza estejam devidamente esterilizados. Se possível, leve seus próprios instrumentos para reduzir o risco de infecção.
  8. Mantenha uma boa higiene: Lave regularmente as mãos e os pés com água e sabão. Certifique-se de secá-los completamente após a lavagem.
  9. Fortaleça o sistema imunológico: Manter um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada, prática de exercícios físicos regulares, sono adequado e controle do estresse, pode ajudar a fortalecer seu sistema imunológico, tornando-o mais resistente a infecções fúngicas.
  10. Fique atento a sinais de infecção: Esteja atento a quaisquer mudanças nas unhas, como descoloração, espessamento, descamação ou deformação. Se notar algum desses sinais, consulte um médico ou dermatologista para um diagnóstico e tratamento adequados.

Como tratar o fungo na unha?

Fungo
Fungo Foto: Istock

O tratamento da micose de unha (onicomicose) pode variar dependendo da gravidade da infecção e da preferência do médico. Aqui estão algumas opções comuns de tratamento:

Medicamentos antifúngicos tópicos

São cremes, loções ou esmaltes aplicados diretamente sobre a unha afetada. Esses medicamentos podem ajudar a combater a infecção, mas geralmente são mais eficazes em casos leves de onicomicose. É importante seguir as instruções de aplicação e duração do tratamento conforme indicado pelo médico.

Medicamentos antifúngicos orais

Em casos mais graves de onicomicose ou quando os medicamentos tópicos não são eficazes, o médico pode prescrever medicamentos antifúngicos orais. Esses medicamentos são tomados por via oral e ajudam a tratar a infecção a partir de dentro do organismo. O tratamento oral geralmente requer um curso prolongado de uso, geralmente de várias semanas a meses.

Remoção da unha

Em casos graves ou persistentes de onicomicose, quando a infecção não responde aos tratamentos antifúngicos, a remoção da unha infectada pode ser considerada. A remoção pode ser feita cirurgicamente ou com a aplicação de produtos químicos para dissolver a unha afetada. A remoção da unha permite que um novo crescimento de unha saudável ocorra.

Terapia a laser

A terapia a laser é uma opção de tratamento relativamente nova para a onicomicose. Envolve o uso de um laser para destruir os fungos presentes na unha. A eficácia desse método ainda está sendo estudada, e pode ser necessário mais de uma sessão de tratamento.

É importante ressaltar que o tratamento da onicomicose pode levar tempo e paciência, pois as unhas crescem lentamente. Além disso, mesmo após o tratamento bem-sucedido, pode haver uma recorrência da infecção. É fundamental seguir as recomendações do médico, completar todo o curso do tratamento prescrito e adotar medidas preventivas para reduzir o risco de uma nova infecção.

Cabe destacar que estas são apenas opções de tratamento geralmente usadas, e cada caso pode exigir uma abordagem individualizada. É recomendado consultar um médico, dermatologista ou podólogo para obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado às suas necessidades.

E aí, gostou?

Se você gostou do conteúdo que preparamos para você, deixe um comentário abaixo conosco e interaja com a gente! Para mais dicas como essa acompanhe o Portal KD e deixe as suas estrelinhas para nos ajudar!

Veja também: Dicas infalíveis para parar de roer as suas unhas!

Perguntas frequentes

Como o fungo na unha acontece?

Os fungos prosperam em ambientes quentes e úmidos, e caminhar descalço nesses locais pode aumentar o risco de exposição aos fungos. O fungo nas unhas pode se espalhar de uma pessoa para outra por meio do contato direto, especialmente se houver lesões ou feridas nas unhas. Lesões ou trauma nas unhas, como cortes, impactos ou atividades repetitivas que pressionam as unhas, podem enfraquecer a unha e facilitar a entrada dos fungos. Certas condições médicas, como diabetes, doenças circulatórias, comprometimento do sistema imunológico e problemas vasculares, também podem aumentar o risco de desenvolver infecções fúngicas nas unhas.

Como prevenir a micose nas unhas?

Sempre seque bem os pés, especialmente entre os dedos, após o banho, a natação ou qualquer atividade que deixe os pés molhados. Use uma toalha limpa e seque completamente a região. Opte por calçados que sejam confortáveis, permitam a ventilação adequada dos pés e não sejam muito apertados. Evite sapatos fechados por longos períodos, especialmente se seus pés tendem a transpirar muito. Use meias limpas de algodão ou outros materiais absorventes, que ajudam a absorver a umidade dos pés. Evite caminhar descalço em locais onde há maior probabilidade de exposição a fungos, como vestiários, chuveiros públicos, piscinas e saunas. Use chinelos ou sandálias para proteger seus pés.

Avalie este artigo

Avalie post
Adriane Alflen
Adriane Alflen
Tenho 18 anos e escrevo conteúdos para a internet em diversos projetos! Amo acompanhar a televisão e o mundo dos reality shows. Amo crianças e animais, e gosto de escrever sobre assuntos relacionados. Atualmente sou responsável por trazer informações relevantes sobre diversos assuntos todos os dias no Portal KD!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.