Pular para o conteúdo

Gloxínia como cuidar: Veja o jeito de certo de se cultivar!

Gloxínia como cuidar

Quer adicionar novas flores em seu jardim e conhecer gloxínia como cuidar e cultivar essa planta? Neste novo artigo do Portal KD, nosso time de especialistas elaborou um conteúdo repleto de dicas e informações úteis para que você possa entender tudo sobre a cultura dessa planta! Sendo assim, acompanhe a leitura dessa redação até o final e com muita atenção para não perder nenhum detalhe importante!

Origem da gloxínia

Gloxínia é uma planta ornamental que produz flores vistosas em forma de sino e que podem possuir diversos tipos de coloração. Originária das florestas tropicais do Brasil, a gloxínia é conhecida cientificamente como Sinningia speciosa e pertence à família Gesneriaceae.

A gloxínia é uma planta bastante popular em jardins e interiores de todo o mundo, sendo valorizada pelas suas flores vistosas e pela facilidade de cultivo.

Gloxínia como cuidar
Gloxínia como cuidar. Foto: Pixabay.

Como plantar

O plantio da gloxínia é relativamente simples e pode ser feito em qualquer época do ano. A planta é geralmente cultivada em vasos, por isso é importante escolher um recipiente com furos no fundo para permitir a drenagem da água. O solo deve ser fértil e rico em matéria orgânica, e pode ser misturado com areia para melhorar a drenagem.

Para plantar a gloxínia, é necessário colocar um pouco de substrato no fundo do vaso e posicionar a muda da planta com cuidado, tomando o cuidado de não danificar as raízes. Em seguida, é preciso cobrir as raízes com mais substrato e regar a planta até que a água comece a sair pelos furos do vaso. É importante evitar o acúmulo de água no pratinho, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes.

Melhor substrato para plantar

O melhor substrato para plantar gloxínia é uma mistura leve e fértil que forneça boa drenagem e retenção de umidade. Geralmente, uma mistura de turfa, perlita e vermiculita é adequada para atender às necessidades da planta. A turfa fornece nutrientes e ajuda a reter a umidade, enquanto a perlita e a vermiculita ajudam a melhorar a drenagem e aeração do solo.

Algumas pessoas também adicionam outros ingredientes, como casca de pinus, fibra de coco ou areia, para melhorar a textura e as características do substrato.

Gloxínia branca
Gloxínia branca. Foto: Pixabay.

Condições climáticas

A gloxínia é uma planta que prefere um clima quente e úmido, por isso é importante mantê-la em temperaturas entre 18°C e 25°C. A planta não tolera temperaturas abaixo de 13°C e pode morrer se exposta a geadas ou frio intenso. Em regiões muito quentes, é recomendável proteger a gloxínia do sol direto, pois isso pode queimar as folhas e flores.

A umidade é outro fator importante para o cultivo da gloxínia. A planta precisa de um ambiente úmido para florescer, por isso é recomendável borrifar água nas folhas regularmente ou manter um recipiente com água próximo ao vaso para aumentar a umidade do ar. No entanto, é importante evitar o excesso de água no solo, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes.

Veja Também: Como plantar flor de maio

Gloxínia como cuidar na irrigação

Para regar gloxínias é importante que a água esteja sempre na temperatura ambiente, evitando temperaturas muito frias ou muito quentes. Além disso, é recomendado aguardar até que a superfície do solo esteja seca antes de regar novamente. É importante evitar que a planta fique encharcada, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes e causar danos à planta.

Uma dica importante é regar a gloxínia pela base, em um pratinho ou cachepô com água, ao invés de regar diretamente sobre as folhas e flores. Dessa forma, evita-se o acúmulo de água nas folhas e flores, o que também pode causar danos. Em geral, recomenda-se regar as gloxínias cerca de duas vezes por semana no verão e uma vez por semana no inverno, ajustando a frequência de acordo com as condições climáticas da região.

Gloxínia roxa
Gloxínia roxa. Foto: Pixabay.

Adubo para gloxínia

O melhor adubo para cuidar de gloxínia é fertilizante orgânico com base em dejetos e húmus de minhoca, pois ela ajuda a estimular o crescimento e florescimento da planta.

Normalmente, é recomendável fertilizar a gloxínia uma vez por mês durante o período de crescimento ativo da planta, que geralmente ocorre na primavera e no verão. É importante evitar o excesso de adubo, pois isso pode queimar as raízes e prejudicar o crescimento da planta.

Gloxínia com pétalas vermelhas e brancas
Gloxínia com pétalas vermelhas e brancas. Foto: Pixabay.

Pragas e doenças em gloxínia

As gloxínias podem ser atacadas por diversas pragas e doenças, que podem prejudicar o desenvolvimento da planta e comprometer sua beleza. Entre as pragas mais comuns estão os ácaros, pulgões, cochonilhas e tripés. Esses insetos se alimentam da seiva da planta, causando deformações nas folhas e flores, além de facilitarem a entrada de doenças.

Para combater essas pragas, é importante fazer uma inspeção regular na planta para detectar sinais de infestação. Em casos leves, é possível remover manualmente as pragas com um pano úmido ou utilizando um sabão inseticida. Já em casos mais graves, pode ser necessário utilizar um inseticida específico para cada tipo de praga.

Além das pragas, as gloxínias também podem ser afetadas por doenças fúngicas como a podridão das raízes e oídio. A podridão das raízes pode ocorrer quando a planta fica encharcada ou devido a um solo mal drenado. Já o oídio é causado pelo excesso de umidade e pode ser identificado por uma camada branca nas folhas e flores.

Para prevenir doenças, é importante evitar o excesso de água no solo, manter a planta em um local bem ventilado e não molhar as folhas e flores durante a rega. Em caso de infecções, é possível utilizar fungicidas específicos vendidos em lojas especializadas em jardinagem.

Gostou?

E aí, as dicas e informações  que disponibilizamos neste artigo te ajudaram a conhecer melhor a gloxínia como cuidar e cultivar essa planta? No Portal KD, nosso principal objetivo é elaborar um conteúdo informativo de qualidade e verídico para sempre poder ajudar nossos leitores! Se você gostou das nossas dicas, ficaríamos felizes se você avaliasse este artigo, além disso caso tenha alguma dúvida ou crítica, deixe seus comentários no espaço disponível aqui abaixo!

Perguntas Frequentes

Como plantar gloxínia?

Muitas pessoas têm vontade de aprender mais sobre gloxínia como cuidar e plantar essa planta, para fazer isso basta seguir algumas instruções básicas. Em primeiro lugar separe um vaso com furos e o preencha com terra fértil e um pouco de areia misturada, após fazer isso basta adicionar um pouco de substrato e colocar a muda da planta ou enterrar as sementes, para finalizar basta regar para manter o solo úmido.

Gloxínia como cuidar na irrigação?

A gloxínia é uma linda planta para se ter em seu jardim , contudo é preciso estar atento a alguns cuidados especiais que estão relacionados a irrigação. Sempre regue suas gloxínias com água na temperatura ambiente para evitar choques térmicos, além disso molhe na base da planta, pois dessa forma você evita a proliferação de doenças nas folhas e pétalas.

Clima ideal para cultivar gloxínia?

Gloxínia é uma planta nativa do Brasil, sendo assim ela tem uma preferência por climas quentes e úmidos, com temperaturas que se mantem entre os 18°C e 25°C.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Afiliado