Como ter um Hall de Entrada em espacinho da Sala de Estar?7 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Venha descobrir como caprichar na entrada da sala de estar criando um hall de entrada pequeno com beleza e funcionalidade.

Você acredita na frase “A primeira impressão é a que fica”? Se sim, dedicar um espacinho da sala para criar um hall de entrada é um ótimo jeito de incrementar seu lar.

Vamos te dar dicas para ter um hall convidativo e organizado.

Hall de entrada em um espacinho da sala de estar
Como ter um Hall de Entrada em um espacinho da Sala de Estar. Foto: Pixabay.

Como transformar um cantinho da sala de estar em um hall de entrada

O hall de entrada é o lugar onde costumamos deixar nossos pertences logo após entrarmos em casa: chaves do carro, correspondências, compras do supermercado, casacos e até sapatos — para quem tem o hábito de retirar os calçados que utilizou fora de casa.

É comum que as casas sejam projetadas de forma que a porta da frente conduza quem entra direto para a sala. Isso faz com que os metros que ficam logo após a entrada sejam constantemente utilizados por todos os moradores e convidados.

Um bom hall, mesmo que pequeno, deve unir beleza à organização nesses metros, mesmo se forem poucos.

Afinal, não adianta decorá-lo com carinho, mas não investir na organização. Mais do que um pedacinho da sala, o hall de entrada é uma área que deve ser funcional.

Primeiros passos

O primeiro passo é observar sua sala de estar e identificar quanto espaço pode ser utilizado para o hall. Faça algumas medições básicas e delimite a área que se tornará seu hall.

O próximo passo é ter clareza de quais funções esse ambiente precisa ser capaz de desempenhar. Pense na sua rotina e na dos outros moradores. Foque no que costumam fazer logo após entrar ou antes de sair pela porta da frente.

Gosta de conferir o visual antes de sair? Ou sentar-se e tirar os calçados ao chegar? Esquece com frequência onde deixou as chaves e gostaria de ter um lugar fixo para deixá-las? As crianças gostam de tirar as mochilas da escola assim que chegam em casa?

Todas essas questões e muitas outras ajudam a saber quais itens de mobília vão se adequar ao ambiente e cumprir as funções desejadas ao mesmo tempo. Por isso, planejar essas duas etapas é essencial para garantir que o novo espaço forneça praticidade.

Iluminação

A iluminação de qualidade também deixa o hall de entrada mais funcional. Assim, invista em uma boa iluminação para essa região da sala porque ela vai ser muito utilizada e você não vai querer ter dificuldade em enxergar o que faz sempre quando chega e sai de casa.

Essa etapa é ainda mais importante se sua sala de estar não recebe muita luz natural por ter poucas janelas ou por outros motivos.

Garantir que haja boa luminosidade também é bom para quem deseja fazer o espaço parecer maior.

Para isso, é possível instalar uma lâmpada de teto. Existem diversos modelos e materiais, escolha o que combina mais com o restante da sala.

Se seu teto for alto, você pode escolher uma luminária pendente para dar um toque de personalidade e aproveitar o espaço livre. Se o teto for baixo, opte por luminárias para mesa ou no estilo painel de LED, pois não são pendentes e oferecem boa luminosidade.

Adicionar um espelho ajuda a dar a impressão de que o espaço é maior e reflete a luz do sol, deixando o ambiente mais iluminado e radiante, além de permitir aquela última conferida na aparência antes de sair.

Paredes

A iluminação já colabora na diferenciação entre a sala e o hall de entrada, mas para deixar esse espacinho mais especial e pessoal, aposte em mudanças nas paredes.

Não é preciso mudar essa parte do cômodo completamente, pequenas alterações já são eficazes. Por exemplo, pintar a parede do hall de uma cor diferente. Pode ser um tom que harmonize com o resto do local ou uma cor mais ousada e alegre.

Mesmo se apenas metade da parede for pintada, isso já é o suficiente para tornar o espaço diferenciado. A aplicação de papel de parede cumpre o mesmo efeito, além de oferecer opções variadas de estampas para decorar o local.

Itens que garantem beleza e funcionalidade

Agora que já planejou a iluminação e as paredes, os demais itens que você deve incluir dependerão do seu estilo de vida e gostos. Aqui vão algumas orientações que vão te ajudar.

O item mais tradicional e versátil é o aparador. Sabe aquela mesinha na entrada da sala? É ele mesmo. O aparador armazena os objetos como chaves da casa e do carro, correspondências, etc.

Nele também é possível colocar uma luminária de mesa e itens decorativos, como um vasinho de planta, fotos, uma escultura.

Se deseja um aspecto mais minimalista e não tem a necessidade de guardar vários objetos no hall, compre um aparador simples. Eles não têm gavetas, por isso são ideais para apoiar poucos objetos.

Caso haja pouco espaço livre, você pode escolher um modelo mais estreito. Mas se tiver mais área para ocupar e precisa guardar muitos objetos, opte por uma mesinha com gavetas e mais larga.

Os nichos de decoração são uma alternativa para quem não quer ou não tem espaço para um aparador. Essas peças são ótimas para espaços pequenos.

Além de modernos, os nichos permitem a personalização do ambiente porque podem ser dispostos na paredes da forma que você quiser e precisar. É possível até reservar um nicho para servir de organizador para cada pessoa da casa.

Instalar ganchos nas paredes auxilia no aproveitamento do espaço. Bolsas, casacos, chaves, mochilas podem ser pendurados nele. O bom e velho cabideiro também serve, porém ocupa mais espaço.

Se sua família tem o hábito de trocar de calçados ao sair e entrar de casa para colaborar com a higiene, dedicar uma área para isso vai facilitar o dia a dia.

Você pode colocar uma pequena sapateira. De preferência, escolha modelos de sapateiras que também servem de assento. Elas são ideais para otimizar o espaço.

Outra opção é colocar um pequeno banco com espaço interno para armazenamento, como um banco com baú, ou até um banquinho simples, mas compacto.

Agora você já sabe como transformar aquele espacinho livre da sala de estar no hall de entrada dos seus sonhos. Mãos à obra!

Perguntas Frequentes

Como montar um hall de entrada em uma sala pequena?

Se você deseja ter um hall de entrada, mas tem pouco espaço, pode aproveitar as paredes próximas à porta de entrada da sua casa. Para isso, basta fixar suportes para chaves, correspondências e cabideiros, por exemplo. É possível ainda criar um aparador com uma prateleira e colocar um espelho se você quiser.

Como posso decorar o hall de entrada de apartamento?

Se o hall de entrada for dentro do apartamento é importante que ele siga a linha de decoração do ambiente mais próximo, que geralmente é a sala ou a cozinha, mas se ele for um pequeno corredor, essa regra não é necessária. Agora, se ele for do lado externo do apartamento, deverá seguir as regras do condomínio.

Qual a função de um hall de entrada?

A função do hall de entrada é receber os convidados e apresentar casa, por isso, é importante que ele conte com itens como cabideiros e porta objetos, além de possuir detalhes decorativos que representem os moradores e conversem com o estilo de decoração da casa.

Como fazer um hall de entrada moderno?

Para quem está pensando em fazer hall de entrada moderno a melhor maneira é optar por objetos como aparadores, espelhos, cabideiros e porta objetos que sigam essa linha de decoração. Designs com madeira crua, detalhes de cimento e pedra são algumas opções para esse ambiente.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 13 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.