Como manter a segurança em casa quando for viajar?

6 minutos de leitura

Malas prontas, passaportes em mãos, tudo pronto para aquela sonhada viagem de férias, poder tirar um tempo merecido com a família e repor as energias, livre de estresse e preocupações do dia a dia. Será? Aprenda a manter a segurança em casa durante ausências!

Pois é, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, é cada vez maior o número de arrombamentos e roubos em residências, realizado por quadrilhas organizadas, enquanto os donos da casa viajam.

Portanto, se pretende sair de férias, antes de pensar em fechar as malas, que tal colocar mais um item no seu checklist de viagem: garantir que a casa esteja em segurança.

Para que consiga, de fato, relaxar e curtir as férias com a família, é fundamental garantir total segurança da casa antes de viajar, evitando invasões e roubos à sua propriedade.

Para isso, seja em feriados prolongados ou em um período de férias mais longo, vale se prevenir contra surpresas desagradáveis e até perdas significativas de bens, e isso pode ser feito adotando alguns cuidados simples.

Confira abaixo alguns cuidados com a segurança de sua casa para quando for viajar.

1. Não alardeie sua viagem

Por mais que hoje seja muito comum anunciar tudo nas redes sociais, seja uma ida a restaurante, a um show, enfim, pode até parecer tentador mostrar ao mundo que estará em frente à Torre Eiffel, o fato é que isso não é nada recomendável. Muito menos informar o período que ficará fora. Quanto menos detalhes você compartilhar, menor a chance de chegar às pessoas erradas. Por que não compartilhar após a viagem, na volta? No mais, até em roda de amigos ou colegas, deve ter muita atenção ao comentar o assunto. Enfim:

  • Não conte a estranhos, ou a pessoas em quem não confia plenamente, sobre seus planos de viagem. Até colegas ou vizinhos com quem mantém boa relação podem, sem má intenção, comentar com outras pessoas e a notícia se espalhar, chegando ao conhecimento de bandidos.
  • Mas, se tiver um vizinho de confiança, vale contar, alertando para que não repassem a informação, além de pedir para que fique atento a qualquer movimentação estranha. E procure deixar um telefone de contato, caso ele tenha que avisar algo.
  • No caso de ficar fora por muito tempo, o recomendável é deixar uma cópia das chaves com alguém de confiança, para recolher correspondência. Lembrando que cartas e contas acumuladas chamam a atenção.

2. Tranque tudo

Cadeado trancando a porta de madeira de uma casa
Um cadeado tão aparente pode ser um convite para criminosos. Foto: Pixabay

Pode até parecer besteira, mas um simples descuido pode ser o suficiente para facilitar a entrada de invasores. Por isso, se certifique de trancar, muito bem, portões, janelas e portas (até as internas dos banheiros por exemplo, pois quanto mais dificultar o acesso mais chances terá de evitar prejuízos). Enfim:

  • Jamais deixe o portão fechado com um cadeado para o lado de fora. Isso é um sinal de que não há ninguém na casa.
  • Antes de sair, cheque se janelas e portas estão bem fechadas com trincos e fechaduras.
  • Não deixe dinheiro, jóias ou qualquer outro objeto de valor em casa. Se precisar, alugue um cofre em um banco por um período, ou deixe em casa de familiares.
  • Feche todas as cortinas e persianas.
  • Se certifique de fechar o registro de gás.
  • Se certifique de fechar o registro de água.

3. Desligue luzes e aparelhos eletrônicos

Ao contrário do que muitos pensam, deixar uma luz sempre acesa em casa não ajuda em nada a espantar ladrões, podendo, justamente, servir como um sinal de que não há ninguém em casa. Quem deixa uma luz constantemente acesa? Então, ela acesa constantemente, por noites e dias,só serve para aumentar a conta da luz e indicar ausência de pessoas.

E não se esqueça de também tirar eletrônicos da tomada, como computador, TV e também desligar o portão da garagem, evitando que ladrões o abram com um controle universal. Enfim:

  • Não deixe luzes acessas durante toda a viagem para não chamarem a atenção de dia, indicando ausência de pessoas. Uma dica é instalar temporizadores em algumas luzes da casa, que podem ser programados para acenderem e apagarem automaticamente, em um determinado intervalo de tempo. Programe para que acendam no início da noite e apaguem antes da madrugada.
  • Para evitar sobrecarga elétrica e até incêndios, retire da tomada todos os aparelhos eletrônicos. 
  • Se planeje de forma a consumir todos os itens da geladeira antes da viagem para, em caso de queda de energia prolongada, não estragarem e espalharem mal cheiro pela casa. E se certifique de deixar a geladeira no mínimo de refrigeração, para poupar energia elétrica.
  • E, claro, desligue a campainha para não correr o risco de pessoas sondarem e acioná-la em diversos horários para verificar se alguém atende. Assim, não ouvindo o toque, não poderão ter certeza se não tem ninguém em casa ou se a campainha está com defeito.
  • Tire o toque do telefone, tal como a campainha e o interfone, o telefone fixo também deve ser deixado no silencioso para ninguém perceber sua ausência caso ele toque dia e noite sem parar. Uma dica é procurar encaminhar as chamadas para seu aparelho de celular.

4. Suspenda a entrega de jornais ou revistas

Manter a segurança em casa
Criminosos preferem entrar em casas sem ninguém. Foto: Pixabay

Deixar acumular revistas ou jornais na caixa de correio da sua fachada só vai servir para deixar claro que você não está em casa. Por isso, durante sua ausência, suspenda a entrega, por alguns dias, dos jornais e revistas. E no caso de morar em casa, para que não fiquem outras correspondências acumuladas em sua porta, a dica é pedir para o porteiro ou síndico (caso seja um condomínio de casas) ou vizinho de confiança, guardar o que chegar, até sua volta.

5. Invista em segurança adicional

Todo cuidado é pouco quando o assunto é segurança, por isso, uma dica, que pode ser bem tranquilizadora, é instalar um sistema de segurança residencial, para ajudar a afastar assaltantes oportunistas. Câmeras de monitoramento, por exemplo, podem ser utilizadas tanto por quem mora em casa quanto em apartamento.

Pronto, adotando esses cuidados, certamente, vai conseguir manter a segurança em casa enquanto viaja, garantindo, assim, uma viagem tranquila e livre de estresse e aborrecimentos, com sua família.

Gostou das dicas do KD? Deixe o seu comentário abaixo a avalie o nosso conteúdo!

Avalie este artigo

Avalie post
Isabella Coutinho Schmidt
Isabella Coutinho Schmidt
Tenho 20 anos, estou na 5 fase de fisioterapia e sou apaixonada por decoração e paisagismo, adoro escrever e compartilhar meus conteúdos na internet. Atualmente sou responsável pelas publicações KD, diariamente trazendo novos conteúdos para vocês.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Aprenda a cultivar a planta Crista de Galo Melhores revestimentos para piscinas – vantagens de cada um Aprenda como cultivar o lírio da paz – confira dicas Conheça os benefícios do gengibre para a sua saúde 7 Espécies de plantas para ter na jardineira do seu quintal