Paredes funcionais vale a pena?6 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Se você está pensando em reformar ou construir e quer aproveitar o máximo possível o espaço disponível em seus ambientes, precisa saber mais sobre as paredes funcionais e suas vantagens.

Atualmente é extremamente difícil encontrar um projeto de casa, ou apartamento com muitos metros quadrados. Uma das tendências mais fortes da construção civil tem sido as construções cada vez menores.

Com esse padrão, a necessidade de adaptação por formas de aproveitamento de espaço para armazenamento também vem crescendo. Se você está nessa busca por mais espaço, talvez as paredes funcionais sejam uma boa saída para você. Neste artigo, explicaremos mais sobre elas. Acompanhe.

Paredes funcionais
Paredes funcionais. Foto: Pinterest.

O que são paredes funcionais?

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, as paredes não precisam ser apenas para dividir espaços, ou pendurar quadros, elas podem ser funcionais, ou seja, possuírem outras funções além dessas.

As paredes funcionais são basicamente um conceito de aproveitamento de espaço. Elas podem ser de diferentes estilos, mas independentemente disso, sempre promovem um maior espaço de circulação nos ambientes e aproveitamento de armazenamento.

Podemos estar falando simplesmente de prateleiras, e objetos como televisores e outros, que comumente ficam apoiados em móveis, presos à parede, até a substituição de uma parede inteira de alvenaria por uma marcenaria com armários, gavetas e mais que, além de promover o tão sonhado espaço de armazenamento, ainda pode dividir dois ambientes.

Quais são as principais maneiras de criar paredes funcionais?

Esqueça aquela ideia de que as paredes da sua casa ou apartamento servem apenas para dividir ambientes ou pendurar decorações. Elas podem ter muito mais funções do que apenas essa e, acredite, criar paredes funcionais pode ser muito mais simples do que você imagina.

1.    Prateleiras

As prateleiras são uma das maneiras mais simples e econômicas de criar paredes funcionais. Elas podem ser usadas apenas como decoração, mas também podem ser usadas para o armazenamento de objetos como livros, equipamentos eletrônicos, utensílios de cozinha, e muito mais.

Tudo dependerá da sua necessidade, afinal, além de existirem inúmeros modelos de prateleiras, esse item pode ser facilmente adaptado em qualquer cômodo da casa, inclusive no banheiro, ou em áreas externas.

2.    Estantes

As estantes, assim como as prateleiras, também possuem diferentes modelos e podem ser adaptadas em qualquer cômodo conforme a sua necessidade. Seu diferencial, quando falamos em paredes funcionais é que, além de poderem ser fixadas à parede, deixando o chão livre, elas podem ‘ser a parede’.

Você pode, por exemplo, derrubar uma parede na sua casa e construir uma estante vazada em seu lugar. Assim, além de dividir dois ambientes, você ainda terá um excelente espaço de armazenamento.

3.    Nichos

Apesar de serem mais comuns em ambientes infantis e banheiros, os nichos também podem ser utilizados em outros cômodos, sendo adaptados para diferentes necessidades.

Eles podem ser encontrados em vários materiais diferentes como madeira, acrílico, metal etc., e modelos arredondados, quadrados, retangulares, em formato de caixote, acoplados com prateleiras e ganchos, e muito mais.

4.    Pegboards

Os pegboards também são uma excelente maneira de criar paredes funcionais. Eles são basicamente uma placa, geralmente de madeira, com diversos furos, que é fixada na parede.

Nesses furos é possível encaixar pequenas peças de madeira para criar prateleiras, ganchos e mais, tudo de acordo com a sua necessidade.

O mais comum é que os pegboards sejam utilizados em cozinhas e ambientes como salas e quartos, mas nada impede que eles sejam fixados em banheiros ou outros cômodos, como uma sacada, por exemplo. Mais uma vez, tudo dependerá da sua necessidade.

5.    Marcenaria

Para quem tem mais dinheiro para investir, a substituição de uma parede inteira de alvenaria por uma marcenaria planejada com armários, gavetas e prateleiras pode ser a melhor maneira de criar paredes funcionais.

Nestes casos, além de um maior investimento, você também terá um melhor resultado. Portanto, se você estiver construindo ou reformando e contar com uma folga em seu orçamento, vale a pena considerar essa opção.

Quais as vantagens de contar com paredes funcionais?

Definitivamente a maior vantagem das paredes funcionais é o melhor aproveitamento de espaço, que permite não apenas ganhar mais áreas de armazenamento como também mais espaço de circulação nos cômodos.

Outra vantagem das paredes funcionais é que, dependendo da maneira como você resolve criá-las, seu custo pode ser bem baixo e o processo de criação é muito rápido e simples.

As paredes funcionais, sem sombra de dúvidas, são uma excelente escolha para quem mora em casas ou apartamentos com espaço reduzido. Além de trazerem mais praticidade para o dia a dia, elas também podem ser muito bonitas e ajudarem na decoração dos ambientes.

Agora que você sabe melhor o que são as paredes funcionais, como criá-las e quais são suas vantagens, certamente será muito mais fácil buscar por inspirações e montar as suas próprias de acordo com as suas necessidades e orçamento.

Perguntas Frequentes

Como decorar usando as paredes funcionais?

A maneira mais comum de decorar usando paredes funcionais é se utilizando de prateleiras, estantes, nichos ou mesmo pegboards fixados a uma parede de alvenaria para compor essa decoração.

É possível criar ambientes com paredes deslizantes?

Sim, apesar de as paredes deslizantes serem relativamente novas no mercado da construção civil, elas podem facilmente ser aplicadas em diferentes áreas com a intenção de dividir espaços criando dois ambientes diferentes quando necessário. As mais comuns são as de vidro temperado, no entanto, elas podem ser feitas de painel ripado também.

Qual o preço médio das paredes removíveis?

O preço médio das paredes removíveis, geralmente feitas de MDF ou plástico especial, pode variar muito de acordo com o tamanho necessário, região e material escolhido. Por isso, se você está em busca de paredes removíveis para sua casa ou escritório, a melhor maneira de saber o preço médio delas é realizando cotações na sua região.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.