Plantas Suculentas Para Sua Casa

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

As suculentas são uma ótima opção para quem deseja dar um toque de verde nos ambientes da casa sem abrir mão da praticidade. Por isso, se você procura uma plantinha que vai decorar seu lar e dar pouco trabalho, escolha plantas suculentas para sua casa.

Além de serem fáceis de cuidar, existem diversas espécies de suculentas com cores, folhas e tamanhos diferentes para decorar o seu lar. Venha saber mais sobre essas plantinhas bonitas e resistentes.

Plantas Suculentas Para Sua Casa. Jardim com suculentas
Plantas Suculentas Para Sua Casa. Foto: Pixabay

Decoração e praticidade: aposte nas plantas suculentas para sua casa

Usar vegetação para dar aquele toque de verde no lar faz toda a diferença porque as plantas deixam nossa casa mais colorida e aconchegante. Mas, para isso, é preciso cuidar bem delas.

Cada plantinha precisa de uma quantidade de água e tempo de exposição ao sol diferente. Existem espécies que precisam ser regadas com frequência e que não podem tomar sol o tempo inteiro. Assim, algumas plantas exigem muito mais cuidados do que outras.

Se sua rotina não combina com plantas que demandam mais atenção, plantas suculentas para sua casa podem ser a melhor alternativa.

Nesse post, vamos te contar quais são as características que fazem essas plantinhas serem práticas de manter e dicas importantes para cuidar delas.

As suculentas são um tipo de planta com folhas e caule mais grossinhos e carnudos do que as outras plantas. Por causa disso, elas têm uma capacidade muito grande de absorver e guardar água nas suas folhas e caule.

É essa habilidade especial que faz com que as suculentas sejam bem resistentes e precisem de pouca água, por isso elas sobrevivem por mais tempo do que as outras vegetações em lugares com clima seco e pouca chuva.

Tipos de suculentas

O famoso cacto, a rosa de pedra (ou echevéria), a planta fantasma, o rabo de burro, a zebra, a colar de pérolas e a planta jade são exemplos de suculentas.

O número de tipos de suculentas é muito grande, o que permite diversas possibilidades de decoração e de encontrar diferentes e lindas plantas suculentas para sua casa.

Os tipos variam muito, algumas têm espinhos, como o cacto. Outras possuem folhas mais acinzentadas, como a planta fantasma. O tamanho, formato e cor das folhas, assim como a demanda de sol, também variam de espécie para espécie.

Como cuidar

Como essas plantinhas cheias de charme se adaptaram para viver em locais secos, elas gostam muito de sol e não precisam ser regadas com frequência.

Enquanto algumas plantas não sobrevivem à exposição contínua ao sol, as suculentas precisam disso para ficarem saudáveis.

Por isso, optar por plantas suculentas para sua casa em vez de outras plantinhas mais frágeis e trabalhosas de cuidar, vai garantir que sua decoração fique linda sem que você precise investir muito tempo regando, nem ficar levando plantas para tomar sol e depois colocando de volta na sombra.

Suculentas precisam ser regadas apenas uma vez por semana durante os meses mais quentes e a cada 15 dias nos períodos mais frios do ano.

A quantidade de água deve ser pequena porque se a terra ficar muito encharcada as raízes e as folhas podem apodrecer e fazer com que a planta morra.

Assim como o excesso, a falta de água é prejudicial. Pouca água pode fazer com que as folhas fiquem amareladas. Veja isso como um sinal de que a planta precisa de um pouco mais de água do que você está oferecendo.

E não molhe as folhas quando regar, coloque a água apenas sobre a terra.

Iluminação

Como dissemos, o sol é essencial para as suculentas. Portanto, se você comprou plantas suculentas para sua casa, não se esqueça de observar as condições de luz e umidade de cada parte de seu lar antes de escolher o local onde elas ficarão.

Prefira deixá-las em ambientes mais secos e onde o sol bate mais.

Suculentas que ficarem em ambientes muito úmidos e com pouco sol, como o banheiro, por exemplo, provavelmente vão viver menos tempo.

É indicado que as suculentas sejam expostas ao sol por, pelo menos, quatro horas. Sem esse período, elas ficam pálidas e podem perder folhas.

Elas são resistentes e aguentam exposição direta ao sol, mas irão morrer se ficarem o tempo todo na sombra.

As plantinhas precisarão de vasos que combinem com seus tamanhos. Eles não precisam ser muito fundos porque as raízes das suculentas são pequenas.

É importante dar à planta um espaço para que ela possa crescer e, se precisar trocar de vaso, tome cuidado para não diminuir a quantidade de terra de que a planta precisa.

Também não é produtivo colocar uma planta pequena em um vaso enorme, isso não fará que ela cresça e ocupe todo o espaço disponível. O segredo é procurar um equilíbrio visual entre o tamanho da planta e o do vaso.

Aproveite para expressar seus gostos e preferências decorativas ao escolher os modelos de vasos das plantas suculentas para sua casa ficar com o estilo que deseja.

Tenha em mente o resto dos móveis e elementos do cômodo para que os vasos harmonizem com a decoração preexistente.

Na hora de montar os vasinhos, é possível colocar espécies diferentes juntas e construir arranjos com suculentas de cores e formas variadas.

Só é preciso evitar juntar plantas com necessidades muito diferentes, como colocar uma suculenta que precisa de maior exposição à luz junto a outras que são mais resistentes a períodos na sombra.

Solo

Quanto ao solo, você pode seguir a proporção: uma parte de terra vegetal para duas de areia. Antes, faça uma camada de pedriscos, seguida de uma manta de poliéster e, por fim, coloque a mistura de areia e terra.

Desse forma, o solo drena com facilidade a água, permitindo que a terra fique mais seca, do jeitinho que as suculentas gostam.

Essas dicas vão te ajudar a cuidar das plantas suculentas para sua casa ficar bem decorada. Mas se lembre que cada tipo de suculenta vai ter suas demandas específicas, algumas precisarão de mais ou menos sol e água do que as outras e assim por diante. Para ajudar sua planta a crescer de forma saudável, faça uma breve pesquisa sobre a espécie.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 17 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.