Tigelas de Vinil

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Os discos de vinil podem ser transformados em objetos diferentes e reutilizados para propósitos decorativos, como tigelas de vinil.

Os discos de vinil que estão esquecidos podem ser reciclados e utilizados em projetos artesanais para dar um toque retrô na decoração da sua casa.

Acompanhe nosso post para conferir um tutorial de como fazer uma tigela com discos de vinil de uma forma simples e prática.

Tigelas de Vinil
Tigelas de Vinil. Foto: Elo7

Passo a passo: faça uma tigela de vinil com discos de vinil antigos

Atualmente, com a internet e os aplicativos para consumo de música e podcasts, tornou-se raro utilizar outra formas para ouvir produções artísticas em áudio.

Mesmo as formas mais modernas como o CD (compact disc), disponível no Brasil desde 1987, já ficaram para trás em relação às novas tecnologias.

O que dizer então dos discos em vinil? Eles começaram a ser comercializados em 1948 e foram revolucionários para a época. Mas ficaram quase obsoletos e para ouvi-los é preciso comprar vitrolas, que são caras.

Mesmo assim, hoje em dia, eles ainda têm seu charme e são objetos que despertam o interesse de muitos colecionadores e pessoas de todas as idades.

Além do seu valor nostálgico, os discos de vinil podem ser base para incríveis projetos no estilo “Faça Você Mesmo” e virar peças de decoração únicas e estilosas.

Porta-lápis, bases para relógios de paredes, apoios para livros, suportes para bolos, mesinhas laterais, jogo americano e muito mais. Dentre eles, um dos projetos mais comuns utilizando os vinis é a confecção de tigelas.

As tigelas podem servir de bandejas, petisqueiras e fruteiras que deixarão seu lar com um visual nostálgico e retrô.

Tem alguns discos de vinil juntando poeira no porão ou em caixas abandonadas? Que tal transformar seus discos antigos em peças decorativas?

Se não for fã de projetos artesanais, saiba que as tigelas de vinil feitas à mão estão disponíveis em lojas virtuais. Mas se estiver a fim de fazer um projeto com as próprias mãos confira nosso passo a passo:

Materiais:

  • Um disco de vinil;
  • Assadeira;
  • Recipiente que possa ser levado ao forno para moldar o disco;
  • Luvas térmicas específicas para fornos;
  • Forno.

Os discos de vinil que servirão como base podem ser discos riscados e que já não têm mais utilidade. Caso não os possua, eles podem ser comprados em sebos por preços muito acessíveis.

Independente da origem dos discos, eles não poderão ser utilizados para seus fins originais. Por isso, tenha certeza de que não os quer mais antes de começar o projeto.

A escolha do disco de vinil

Escolha um disco com um selo fonográfico bonito. O selo é aquele adesivo com as informações relativas às músicas, ao artista, nome do álbum e da gravadora. Você pode escolher o selo fonográfico a partir da cor, imagens e estampas.

Também é possível escolher um vinil que seja de uma banda que goste para deixar a tigela ainda mais personalizada e única.

Outra alternativa é remover o selo fonográfico e depois adicionar uma figura desenhada ou impressa a sua escolha quando a tigela estiver pronta.

A escolha do recipiente

O recipiente escolhido deve ser compatível com o tamanho do disco e que seja do formato e circunferência que você deseja ver na sua tigela. Certifique-se de que o objeto escolhido é feito com um material que pode ir ao forno sem ser danificado.

Passo 1: Prepare o forno

Deixe o forno preaquecido a 200 graus Celsius.

Passo 2: Posicione os objetos

Enquanto o forno preaquece, pegue a assadeira e coloque o recipiente escolhido para dar forma à sua tigela de vinil de ponta cabeça sobre a assadeira.

Passo 3: Coloque a assadeira, o recipiente e o disco de vinil no forno

Coloque a assadeira com o recipiente no forno e posicione o disco de vinil centralizado sobre o objeto que servirá como forma.

Deixe os materiais lá por aproximadamente 4 a 8 minutos.

Durante o processo, observe o interior do forno. Quando as extremidades do disco de vinil começarem a “cair”, por causa do amolecimento do vinil, é um indicativo de que o disco está maleável e moldável.

É importante não deixar o disco por muito tempo além do que o necessário para não provocar a liberação de odores desagradáveis relativos ao derretimento do vinil.

Passo 4: Retire o disco de vinil

Quando o disco parecer maleável o suficiente, coloque as luvas térmicas para proteger as suas mãos de queimaduras e retire os elementos do forno.

Passo 5: Molde o disco de vinil

Com o material ainda maleável e quente, molde o vinil sobre a tigela.

Outra opção é utilizar outra tigela para colocar o vinil na parte de dentro e pressionar gentilmente o disco até que ele tome a forma desejada. Essa maneira pode ser mais fácil.

Mantenha as suas mãos pressionadas por um tempo para que a forma permaneça.

De qualquer jeito, isso deve ser feito rapidamente, pois quando o disco endurecer novamente será impossível moldá-lo. Mas não se preocupe, se você perceber que demorou demais, é só colocar o disco de vinil mais uma vez no forno até se tornar moldável.

Passo 6: Aguarde um pouco

Quando obtiver a forma desejada, deixe o disco no recipiente por cerca de 10 minutos para endurecer completamente.

Uma vez endurecido, o vinil segurará a forma e permanecerá assim. Caso queira, pinte o vinil e cole um selo fonográfico feito por você para finalizar seu projeto.

Incorporando a tigela de vinil na decoração:

A tigela feita com o disco de vinil pode ser utilizada como petisqueira e ser uma peça de destaque em festas e criar um visual casual e descontraído ao receber amigos e convidados em geral.

Ela também pode ser uma bela bandeira no hall de entrada para armazenar as chaves do carro e da casa, assim como uma bandeja para enfeitar a mesa de centro e servir de lar para os controles remotos.

A tigela de vinil pode decorar a cozinha servindo como uma fruteira no estilo retrô. E, pasmem, ela pode virar um vaso para plantas!

Diferentes resultados, formatos e finalidades estão ao seu dispor para dar um visual retrô ao seu lar. Siga nosso tutorial e aproveite!

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.