Confira agora no nosso conteúdo exclusivo da KD!

Horta comunitária: 5 dicas para organizar, cuidar e consumir

As hortas comunitárias são importantes para promover uma melhor alimentação dos moradores da vizinhança, aproveitar espaços vazios, evitando acúmulo de lixo e melhorando convivências.

Uma vez que a horta será de interesses comuns, é importante que conversas sejam feitas, para que toda a comunidade fique por dentro do assunto e se ajudem.

REÚNAM-SE

Você precisará achar um terreno, seja privado ou cedido pela prefeitura de sua cidade, que receba luz solar, ao menor seis horas ao dia, seja plano, e com solo agradável.

TERRENO IDEAL

Converse com seu grupo, escolha culturas a se plantar, permita que cada pessoa responsável pela horta sugira o que deseja plantar, e com isso, terão variedades!

CULTIVO

Escolhidas as espécies, lembre-se de respeitar o espaço necessário para plantá-las, e o clima/época do ano que necessitam ser cultivadas.

Para que uma horta comunitária tenha sucesso, é importante que na conversa inicial, seja falado sobre as funções individuais, pois a horta só funcionará, caso todos estejam envolvidos.

FUNÇÕES

Pessoas com mais tempo disponível em seu dia a dia, podem fazer a manutenção de ervas daninhas, pragas e processos mais demorados.

E aos participantes com tempo curto, é importante que sejam feitas ao menos regas no início ou fim do dia. Caso alguém não disponha de tempo nenhum, é possível ajudar financeiramente.

Com o grupo formado, plantas e terreno prontos, você precisa de informações sobre como cuidar das espécie, preparar a terra, os adubos e fertilizantes que serão necessários.

INFORME-SE