Confira agora mesmo nosso conteúdo do Decoração KD!

Leilão de imóveis: tudo o que você precisa saber antes de comprar

Os leilões de imóveis comumente já vêm com um valor estipulado e acontecem em duas etapas, onde a primeira, inicia no valor do imóvel avaliado e a segunda, com valores inferiores.

Você pode participar de duas formas de leilão, o judicial e o extrajudicial. O judicial, oferece produtos apreendidos ou penhorados em processos, onde o valor é usado para quitar as dívidas.

Já o extrajudicial, é recorrente de vários motivos e normalmente é feito por bancos, empresas ou até mesmo leiloeiros especializados e pessoas físicas.

Sendo pessoa física ou jurídica, você poderá participar, mas é obrigatório a apresentação de documentos que comprovem que você tenha mais de 18 anos de idade, entre outros.

Juízes, membros do Ministério Público, testamenteiros e outros citados no Art. 690-A do Código de Processo Civil não são permitidos a participar de eventos de leilões.

O edital do leilão é extremamente importante e você deverá ler todas as informações referentes ao evento e também aos bens oferecidos no leilão.

No edital, você terá acesso a informações como o local onde acontecerá o evento, data, valor mínimo para os lances, formas de pagamento, dados do leiloeiro e descrição do imóvel.

Para que você não corra o risco de cair em golpes ou fazer péssimos negócios, busque sempre o auxílio de pessoas que entendem sobre o ramo de leilões.

Lembre-se que as pendencias e agravantes referentes ao bem em questão, serão sua responsabilidade após arrematá-lo, sendo assim confira as informações com antecedência.

Caso o bem que você arrematou, estiver sendo ocupado, não se preocupe, você poderá tomar ações judiciais para tirar os moradores, caso se neguem a liberar o imóvel.