4 Vantagens e  3 Desvantagens de ser MEI

MEI é a sigla de Microempreendedor Individual, uma categoria de pessoa jurídica criada para os pequenos empreendedores.

O processo de abertura de MEI pode ser feito online, em poucos minutos. Ele gera um CNPJ, que pode ser usado para emissão de nota fiscal após um cadastro na prefeitura da sua cidade.

Mas existem vantagens e desvantagens em optar por ser MEI. Como ponto positivo, você regulariza sua atividade, realizando atividades como emissão de nota fiscal.

Os impostos do MEI são simplificados. Por isso, você só precisa pagar a guia DAS mensalmente para manter o seu CNPJ ativo.

Você também pode contratar até um funcionário com o seu CPNJ de MEI, caso perceba que o seu negócio esteja prosperando.

Ao pagar regularmente sua guia DAS, você tem direitos previdenciários, que vão de auxílio doença e licença maternidade, até aposentadoria.

Para começar, o MEI tem o teto máximo de lucro anual de R$81.000. Assim, se você ultrapassar esse limite, precisará mudar de regime de pessoa jurídica.

Todos os meses, é preciso fazer um levantamento das notas fiscais emitidas e preencher o Relatório Mensal de Receitas Brutas, além de declarar o imposto de renda.

Ainda assim, entre vantagens e desvantagens, o MEI é uma ótima alternativa para os pequenos empreendedores. Veja mais Stories aqui: