Ir para o conteúdo

Mini-camas para Quarto do Bebê

O que é preciso saber sobre mini camas
As mini camas são reflexo do primeiro passo do bebê em direção ao seu crescimento. Quer entender um pouco mais sobre a importância das mini camas? Pode dar uma olhadinha aqui:
Continue lendo

Os bebês aos poucos vão crescendo e logo chega a hora de trocar o berço por uma mini cama, mas saber a hora certa para esse processo de transição nem sempre é fácil. A idade usual para realizar a transição é entre um ano e meio e três anos, mas isso varia conforme cada criança. Então aqui vão alguns detalhes que vão ajudar a saber se é hora de investir em uma mini cama e tirar o pequeno do berço:

Se o bebê aprendeu a subir as grades do berço, esse é um sinal para ficar atento e considerar adquirir uma mini cama. Essas escaladas podem causar quedas graves e por isso a mini cama é uma opção mais segura para lidar com essa fase de descobertas e novos aprendizados.

Outro detalhe é o tamanho do bebê, pois o berço possui limite de peso e altura para acomodar o pequeno com segurança. Então, se o bebê já tiver mais de 90cm, é hora de ir preparando o Quarto para a mudança.

Além das questões de segurança, a mini cama é também um marco na vida do bebê já que faz parte dessa fase tão importante de mudanças e crescimento. Justamente por ser uma etapa especial, ela deve ser realizada com cautela e a mini cama oferece uma transição mais gradual do que, por exemplo, a cama de solteiro convencional.

A mini cama é totalmente pensada para o conforto da criança e por isso acompanha laterais que evitam possíveis quedas durante a fase de adaptação. A altura acessível para os pequenos é um diferencial ideal para o desenvolvimento do senso de independência da criança.

Se a dúvida por optar por uma mini cama é financeira, há a possibilidade de adquirir um berço que se transforma em mini cama. Assim o investimento em móveis do Quarto de Bebê fica contido mas com todas as necessidades supridas. ;)

Assim como os guarda-roupas e berços, há uma variedade gigante de modelos de mini cama, dos mais tradicionais aos mais lúdicos. O legal disso é que há possibilidades infinitas de combinar a decoração do Quarto com o novo lugar de repouso do bebê.

As mini camas com temática de personagens são ótimas para as crianças que são mais resistentes à mudanças, já que esses modelos são mais atrativos e combinam muito bem com Quartos de decoração mais lúdica. Os recortes laterais e adesivagem transformam um móvel comum em um campo fértil para a imaginação dos pequenos.

Já para Quartos com um estilo mais suave, as mini camas provençais possuem recortes de cabeceira inspirados em modelos mais clássicos, como se fossem camas da realeza. É um estilo muito bonito e combina muito bem com tons neutros como o branco.

Os modelos de berço que viram mini camas são muito práticos, funcionais e ajudam a manter a sensação de Quarto de Bebê no ambiente. São super fáceis de remontar e por ocuparem o mesmo espaço do que o berço, o processo de rearranjar o Quarto se torna mais tranquilo.

Mostrando 1 - 48 de 211 móveis

Visualize

Ordene os móveis por

A mini-cama para quarto de bebê, além de ajudar na decoração, deve ser segura e confortável. Geralmente feita em MDF, pode apresentar guarda-corpo lateral, cabeceira alta ou baixa, com revestimento em laca ou pintura de alto brilho. A maioria é elaborada para colchões de 150 x 70 cm. Se a mini-cama for em formato divertido, pode ajudar seu filho no desenvolvimento da criatividade, através de brincadeiras. Indicada para crianças de 3 a 8 anos.

As camas podem vir em diferentes tamanhos e cores. Porém, é recomendável abusar dos tons pastéis, principalmente azul para meninos e rosa para meninas, mas que combinem com os outros móveis do ambiente, tornando-o agradável e aconchegante. Na decoração do quarto do bebê, use almofadas com bichinhos, além de acessórios como móbiles, bonecos e bonecas de pano ou pelúcia, e colchas coloridas e com temas alegres. Lembre-se de que tudo deve ser macio e fofinho, para evitar quaisquer acidentes. Toalhinhas bordadas com o nome de seu filho também complementam a decoração, deixando o lugar mais personalizado. Use um gaveteiro da cor da mini-cama e vale colocar até um vaso plástico (nunca de vidro) com flores artificiais, em cima dele. O colchão não pode ser duro, nem excessivamente macio.

Ter uma mini-cama para o quarto de seu bebê torna-se importante principalmente quando o seu filho atinge a idade de deixar o berço. Geralmente isso se dá por volta dos três anos, mas se ele for muito agitado, começar a pular as grades ou for mais alto, é melhor fazer essa transição antes. De qualquer forma, com a mini-cama você pode sentar-se ao lado de seu bebê para contar-lhe historinhas ou até dormir bem juntinho, dando maior conforto e carinho ao seu filho.