Dicas para escolher um rack7 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Decidir quais móveis são ideais para casa pode ser uma tarefa difícil. Na hora de procurar um bom rack, isso não é diferente. Aqui estão 7 dicas que você deve seguir para escolher um rack que combine com seu lar.

Suporte para televisor ou para decorações e outros objetos, os racks são mais do que um móvel. Eles são um elemento importante da sala de estar e é para eles que olhamos quando queremos assistir um filme ou admirar nossos itens de decoração.

É possível encontrar uma grande variedade de racks no mercado. Com gavetas, estantes, com ou sem painel para televisor, coloridos, mais modernos ou tradicionais. Com tantas opções, é preciso ter atenção para não errar na escolha. Esse post vai te ajudar a decidir qual é o rack feito para você.

Como escolher um rack
Como escolher um rack. Foto: Pexels.

7 dicas práticas para escolher um rack perfeito

Se você quer acertar e comprar o rack para combinar com sua casa, confira essas recomendações que preparamos para te ajudar na busca pelo móvel ideal para sua sala e que tenha as características que você precisa.

1 – Pense no cômodo onde seu rack ficará

Tire medidas do local e planeje em qual lugar o rack irá ficar. Isso garante que o rack se adeque ao tamanho do seu lar.

Em uma sala pequena, um móvel grande vai fazer com que ela pareça ainda menor, prejudicando a organização e funcionalidade do cômodo. Em salas grandes, um móvel pequeno aumenta a sensação de espaço vazio e deixa o ambiente menos aconchegante.

Para não cometer esses erros, medir o espaço é fundamental no planejamento da compra. Assim você evita gastar dinheiro com um móvel que não utilizará bem o espaço disponível no seu cômodo.

Ao escolher um rack, também é necessário pensar em quais pessoas circularão pelo cômodo. Se você tem crianças em casa ou idosos com mobilidade prejudicada, não se esqueça de optar por um rack que não prejudique a locomoção e nem seja facilmente derrubado ou escalado pelos pequenos.

2 – Quais objetos seu rack precisa ser capaz de guardar

Geralmente, os racks ficam na sala e servem como suporte para televisão, aparelho de som e outros eletrônicos que garantem nossa diversão e lazer.

Além disso, é comum que eles sejam o lugar em que colocamos pertences queridos como fotos da família e decorações. Saber disso ajudará na escolha do modelo, observe a quantidade de gavetas, portas, divisórias etc.

Fique de olho em quantos quilos o rack aguenta suportar para que a estrutura não fique sobrecarregada e a vida útil do móvel seja reduzida.

3 – Modelo com painel ou sem painel

Existem diversos modelos de rack no mercado e uma tendência que vem crescendo é a de racks acompanhados de painel para suporte da televisão.

Os painéis permitem que o aparelho fique na altura do olhar e fazem o espaço ser mais bem aproveitado.

Eles são uma boa opção para quem tem televisão grande porque garantem que elas fiquem mais seguras.

As televisões menores podem ficar no centro do rack e sem painel para um efeito mais elegante.

Se escolher um rack sem painel, certifique-se de que ele seja adequado à altura, largura e profundidade da sua televisão. Isso ajuda a evitar quedas que podem estragar seu aparelho.

4 – Altura do rack

Se a função principal do seu rack é dar suporte para o televisor, confira se ele tem as medidas corretas para manter a TV em uma altura adequada.

Televisores fixados em painel precisam ficar aproximadamente a 120 cm do piso. Se o aparelho estiver sobre o rack, ele deverá ficar cerca de 50 cm acima da altura do assento do sofá.

Essas medidas vão te auxiliar a escolher um rack funcional, com a altura certa para permitir que a TV fique a uma distância confortável nos momentos de lazer.

5 – Características do cômodo

Observe sua sala. Perceba as texturas e as cores dos móveis e das paredes.

Em cômodos pequenos, um rack de cor clara causa a impressão do espaço ser maior. Assim, tons escuros podem ser mais adequados a salas maiores.

Já os racks coloridos dão mais vida e personalidade ao ambiente e podem ser colocados em salas pequenas desde que as paredes tenham cores claras.

6 – Material

Os materiais mais utilizados na elaboração dos racks são: madeira, MDF e MDP. Mas existem modelos com outros materiais, como vidro espelhado, ou que são feitos com mais de um material.

Escolher um rack de madeira é uma boa opção para os que preferem ter uma sala de estar com estilo mais rústico e menos delicado, assim como para quem deseja um móvel que aguente suportar objetos pesados.

Os racks de MDF e de MDP (produto semelhante ao MDF, porém mais leve) são menos pesados dos que os feitos com madeira, o que pode facilitar quando for necessário deslocar o móvel para limpeza, por exemplo.

Racks de MDF e MDP dão mais leveza ao ambiente e podem ser encontrados em diversos acabamentos. Eles apresentam boa durabilidade, mas são menos resistentes a constantes trocas de lugar, em relação aos de madeira.

Racks com componentes de vidro ou feitos de vidro espelhado trazem um toque sofisticado para o cômodo, porém são mais frágeis e trabalhosos de limpar. Por isso, não são uma boa pedida se você busca praticidade ou se tem crianças pequenas.

7 – Pesquisar e comparar

Essa é uma etapa importante para evitar futuras “dores de cabeça” e arrependimentos ao escolher um rack e qualquer outro móvel para casa.

Separe um tempo para pesquisar em vários sites e lojas com calma. Tenha em mente as dicas anteriores e busque pelas características que seu rack deve ter.

Leia a ficha técnica do produto com atenção e não se oriente apenas pelas imagens.

Verifique se a loja virtual ou física é segura e se tem boa reputação, procure por resenhas dos produtos na internet e leia os comentários de quem já comprou o rack que você está pesquisando.

Esperamos que essas dicas ajudem você a escolher um rack ideal para sua casa e para suas necessidades.

Perguntas Frequentes

Qual a melhor escolha: rack ou painel?

A resposta para essa pergunta dependerá diretamente da sua necessidade, se você tem pouco espaço, é possível que um painel, preso a parede com a televisão também suspensa seja a melhor escolha. Mas, se além de espaço disponível você precise de uma área de armazenamento, o rack pode ser a melhor escolha.

Quais os melhores itens para decorar um rack?

Isso dependerá diretamente dos seus gostos pessoais e da utilização do seu rack. Bons itens decorativos para um rack podem ser plantas, vasos, velas, estatuetas, livros e mais uma infinidade de itens. Tudo dependerá do conceito de decoração do seu ambiente.

Qual a melhor altura para um rack?

Se você pretende posicionar a televisão acima do rack, é importante que a altura do móvel seja pelo menos 50 cm maior que o assento do sofá. No entanto, se você pretende fixar a TV na parede, a altura do rack não precisa seguir essa regra.

Onde posso colocar a televisão: no rack ou na parede?

Tudo dependerá da sua necessidade. Se você não tem criança pequena ou pets em casa, pode colocar a televisão no rack. No entanto, se este não for o seu caso, pode ser mais interessante fixar a televisão na parede, por questões de segurança.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.