10 Dicas para quem tem Ambientes Pequenos6 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Com casas e apartamentos cada vez mais compactos, saber como combinar os móveis de um espaço pode ser fundamental para ter mais conforto. Se você mora em um lugar de área limitada, pode se valer de algumas dicas na hora de decorar a casa para ampliar um cômodo. Veja 10 dicas para quem tem ambientes pequenos, a seguir!

1. Truque do tapete

É comum que residências pequenas tenham o modelo conjugado, em que dois cômodos não são separados por paredes, como copa e sala, por exemplo. Para te ajudar a demarcar as áreas da casa, sem perder espaço, você pode usar o truque do tapete.

Foto Ambientes Pequenos, sala, tapete
Truque do Tapete. Foto: Pixabay

Basicamente, consiste em colocar um tapete embaixo dos móveis de um cômodo. Esse truque é bastante aplicado na sala, onde o sofá e as poltronas podem ser posicionados estrategicamente em cima dele. Esta é também uma ótima forma de mudar a cara de um ambiente, sem precisar de reformas para trocar de piso.

2. Opte por um sofá menor

E já que estamos falando da sala, um dos principais erros que as pessoas cometem ao decorar um ambiente pequeno é na escolha do sofá. Sim, um sofá grande é muito confortável, porém seu tamanho causa a sensação de sufocamento em salas que são bem pequenas. Para evitar essa situação, opte por um sofá menor, de no máximo 3 lugares.

Para ter mais lugares disponíveis para sentar-se, você pode contar com pufes ou mesmo poltronas pequenas, principalmente aquelas que são fáceis de mover de lugar.

3. Cores claras nas paredes e móveis

Na decoração dos anos 80, era muito comum móveis e paredes de tons escuros, como madeira crua. Com o passar dos anos, as pessoas passaram a perceber que assim como a mobília escura “diminui” o ambiente, as cores claras são capazes de “ampliá-lo”. Por isso, na hora de escolher seus móveis e a cor das paredes, invista nos tons claros.

Para não deixar o ambiente com aquela cara de hospital, você pode fazer um mix com objetos e acessórios bem coloridos, seja no tapete, na almofada, nos quadros da parede ou mesmo nos eletrodomésticos. Não esqueça de pensar nas possibilidades de decoração com livros, que dá um charme a qualquer ambiente.

4. A cor do teto

Quando algum objeto ou cor está fora de nossa linha de visão é comum que façamos um esforço maior para observar, o que gera a sensação de que algo é mais alto ou maior. Esse truque é especialmente interessante em ambientes pequenos para ser utilizado no teto.

A dica é pintar o teto do espaço com um tom mais escuro do que aqueles escolhidos para a parede. O contraste faz com que nosso cérebro seja atraído pela cor e você vai mesmo pensar que sua casa ou apartamento é mais alta.

5. Papel de parede com listras

Se o assunto é ilusão de ótica para ampliar o ambiente, outra dica certeira é o uso de papel de parede com listras. Seja faixas verticais ou horizontais, a impressão é que o cômodo é maior do que realmente é.

Para não sobrecarregar o ambiente, procure aplicar o papel em somente uma parede, deixando as demais paredes pintadas em um tom neutro.

6. Nichos e prateleiras

Outra dica que quem tem ambiente pequeno precisa experimentar é utilizar ao máximo a altura da parede, colocando nichos e prateleiras em uma posição mais elevada.

Assim como acontece com o truque da cor mais forte no teto, esses elementos posicionados mais para o alto das paredes ajudam a atrair a atenção do olhar, criando a sensação de que há um amplo espaço disponível – e você ainda ganha lugar extra para guardar seus objetos.

7. Utilize espelhos em pontos estratégicos

Por mais antiga que seja essa dica, ela continua funcional: conte com espelhos em alguns pontos da casa para ampliar os espaços. Especialistas de decoração afirmam que, com esse recurso, é possível “aumentar” um cômodo em duas vezes.

Muita gente opta por uma folha de espelho que vai do teto ao chão, sem divisões, mas você também pode brincar com diferentes formas geométricas, criando um design único para seu espaço.

8. Aposte nos móveis multiuso

Móveis multiuso, como o nome sugere, são aqueles que contam com mais de uma função para quem utiliza. Atualmente, é possível encontrar esse tipo de móvel para diferentes cômodos, como camas boxes com gavetas, sofás que podem servir de cama ou mesa de centro para sala que também é pufe.

A grande vantagem de utilizar móveis multiuso é que você aproveita ao máximo os espaços disponíveis. Ou seja, é mais funcionalidade para cada peça da sua casa.

9. Conceito aberto para o guarda-roupas

Um dos itens que mais ocupam espaço em um quarto é o guarda-roupas. Em cômodos pequenos, um móvel capaz de acomodar seus pertences pode acabar limitando a mobilidade. O conceito aberto para essa peça do mobiliário pode ser uma solução prática.

Nesse caso, o guarda-roupa não conta com sua estrutura completa, geralmente sem as portas. Você pode fazer o famoso modelo com araras ou optar por algo com um acabamento mais sofisticado, em casos de móveis sob medida.

10. Organizadores internos

Uma situação comum em cômodos pequenos é a falta de espaço para guardar objetos, o que faz com que prateleiras e armários fiquem “entulhados” de coisas. Os organizadores internos são boas soluções, desde itens que ampliam os espaços nos armários até as caixas para pequenos produtos soltos.

Se o seu ambiente tem aquela “baguncinha crônica”, experimente organizar tudo para ver como a impressão de espaço pequeno vai diminuir.

 

Para montar tudo isso, você pode reservar um tempo para fazer pesquisas pela internet, já que não faltam dicas e inspirações em diferentes sites. Lembre-se de analisar com calma o que você gosta e o que você não gosta e, claro, buscar formas de fazer uma decoração incrível sem pesar tanto no bolso.

Por mais trabalhoso que uma decoração possa parecer, especialmente no começo do processo, saiba que toda jornada pode ser muito divertida. Além disso, quando seu cômodo estiver totalmente decorado, certamente você vai sentir que todo o esforço foi recompensado pela sensação de estar em um ambiente amplo (mesmo que, de fato, seja bem pequeno).

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 7 =

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.